top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Ciclone - Prefeitura de Sede Nova adquire 10 mil telhas para cobrir casas destelhadas pelo ciclone


Começaram a ser distribuídas, na tarde desta terça-feira (18), as telhas adquiridas pela prefeitura às famílias atingidas pelo ciclone em Sede Nova. O Município investiu mais de R$ 1 milhão com recursos próprios na compra de 10 mil telhas de fibrocimento. O carregamento inclui madeiras e pregos.


O investimento se deu com recursos livres do caixa da prefeitura. Por enquanto ainda não foram enviadas telhas pelos governos estadual e federal. A distribuição iniciou pelo Bairro São José. Será respeitado um roteiro organizado pela prefeitura. A prioridade são as famílias que ainda estão com as casas cobertas por lonas.


O levantamento da Defesa Civil municipal aponta que, ao todo, 540 casas foram destelhadas na cidade. Mais de 600 famílias procuraram atendimento no centro de apoio montado junto ao salão paroquial nos últimos dias. Os prejuízos superam a marca de R$ 56 milhões apenas na cidade, sem incluir as perdas na zona rural.


Em torno de 80% da cidade foi atingida pelos estragos e, no interior, os prejuízos se concentram nas localidades de Monte Belo e Linha Assombrado. Diante do cenário, a prefeitura decretou estado de calamidade pública. Prefeitura passa a atender junto ao salão paroquial


O setor administrativo da prefeitura agora está funcionando junto ao salão paroquial. O local é o único espaço de grande porte em condições de abrigar as atividades da prefeitura. Equipamentos foram transferidos para lá. Nesta terça-feira (18) foram instalados internet e sistemas para normalização do atendimento.


A Secretaria Municipal de Saúde informa que normalizou o atendimento junto ao posto de saúde. Agendamentos de consultas e exames transcorrem normalmente.


O recesso escolar vai até o dia 28 de julho, portanto, nesse período não tem aulas nas escolas do município. No entanto, a Secretaria Municipal de Educação informa que não há previsão de retorno. Isso porque as estruturas físicas das escolas municipais foram comprometidas e a retomada das aulas presenciais se dará apenas quando ocorrer a completa recuperação.


Orienta-se que a população da cidade deposite os entulhos diretamente na rua. Um equipamento próprio está fazendo o recolhimento dos materiais. Para evitar que as calçadas sejam danificadas, solicita-se que os entulhos sejam colocados diretamente em via pública a fim de facilitar o recolhimento.


A energia elétrica na cidade já foi normalizada e, gradativamente, o fornecimento retorna também ao interior. O mesmo vale para o abastecimento de água que, aos poucos, é normalizado às comunidades atingidas.


Equipes da RGE, Procel, militares do Exército, forças de segurança e salvamento, servidores municipais e estaduais de Sede Nova e cidades vizinhas, empresas, entidades e voluntários atuam desde a última semana no processo de reconstrução da cidade. Diariamente são preparados de 100 a 150 almoços, junto ao salão paroquial, para as pessoas envolvidas nos trabalhos.


Fonte: Rádio Alto Uruguai

238 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page