top of page
cresol.jpg
IPTU 2024 - BANER PORTEL ON LINE.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg
oeste pneus.jpg

Homem invade hospital de Garibaldi e executa paciente que estava na UTI


A madrugada desta segunda-feira, 15/8 foi de pânico no Hospital Beneficente São Pedro. Um homem entrou por um vão acima da porta dos fundos, de acesso restrito aos funcionários, teve acesso ao interior do hospital e foi direto na UTI.


Em frente à equipe da UTI e outros pacientes internados, atirou cinco vezes e matou o paciente que estava intubado. Após os disparos, saiu da UTI, entrou em um quarto onde estava uma gestante, abriu a janela e pulou, caindo na rua Heitor Mazzini, mesmo lado em que teve acesso ao hospital. Um comparsa o aguardava no lado de fora.


A invasão ao hospital ocorreu por volta de 4h. Os disparos foram ouvidos por todos que estavam na casa de saúde. De acordo com uma funcionária, o homem passou por ela no corredor, com a mão no rosto, e seguiu. Era de estatura baixa e não estava encapuzado.


Logo em seguida, foram ouvidos os estampidos. A ação foi muito rápida. O paciente morto foi identificado como Rodrigo da Silva, de 26 anos, que havia sofrido tentativa de homicídio, na madrugada de domingo, por volta de 5h, na rua Antônio Gregoletto, bairro Vale dos Pinheiros. Rodrigo teria sido atingido com um disparo de arma de fogo no peito, se arrastou até a rua, onde foi socorrido com vida ao hospital, pelos bombeiros de Garibaldi.


Rodrigo passou por cirurgia ainda no domingo e estava intubado. Seu estado de saúde era considerado gravíssimo. Estiveram no hospital, a delegada plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento de Bento Gonçalves, o delegado de Garibaldi, Clóvis, inspetores de polícia, Brigada Militar e equipe de perícia.


A ala da UTI onde ocorreu o assassinato foi isolada e preservada para a perícia técnica. Após a perícia, o corpo foi encaminhado para o IML de Bento Gonçalves. Rodrigo era natural de Bento Gonçalves e pousava na casa da namorada, na noite de sábado.


Ele não seria morador do município. Com mais esta vítima, Garibaldi registra o décimo homicídio do ano de 2022. A polícia teve acesso as imagens de segurança internas no hospital São Pedro.


Fonte: Rádio Garibaldi

Imagem: José Carlos Cichelero/ Radio Garibaldi


1.005 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page