top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Três Passos ganha primeira usina fotovoltaica da Aegea no RS

Gerando energia suficiente para atender em torno de 1,1 mil residências por ano, está em operação a primeira usina fotovoltaica da Aegea no Rio Grande do Sul.


Construída em uma área de aproximadamente 45 mil m2 em Três Passos, a estrutura da Ponta Alegre V conta com 2.124 placas solares e possui geração estimada de 2.500 MWh (megawatt-hora) por ano, o que equivale à redução de 816 toneladas métricas de emissão de CO2, correspondente ao plantio de aproximadamente 5 mil árvores. A energia produzida pela usina será transferida diretamente à rede da concessionária de energia elétrica, complementando o consumo da Ambiental Metrosul, empresa da Aegea responsável pelo esgotamento sanitário em nove municípios da região metropolitana de Porto Alegre. De acordo com a Aegea, controladora da Corsan, há previsão de instalação de novas usinas em Charqueadas (fotovoltaica) e Itaqui (biomassa) em 2025.


O empreendimento de Três Passos foi oficialmente entregue em visita técnica realizada nesta terça-feira (24), com as presenças do diretor-executivo da Ambiental Metrosul, Fábio Arruda; do gerente de Operações, Stenio Alves e do analista de Eficiência Energética da empresa, Andrei Becker. Pela Aegea, participaram, ainda, os responsáveis pela área Emerson Santana e André Candeia, gerente e coordenador, respectivamente.


O Grupo Aegea faz uso cada vez mais eficiente dos recursos naturais em suas concessões e tem avançado em sólidas parcerias nesse sentido, com projetos de geração distribuída de energia em operação e implementação em 11 estados. Essas iniciativas reforçam o compromisso da empresa com metas sustentáveis e soluções inovadoras em ESG, pilares que norteiam a atuação da companhia. Atualmente, 97% da energia consumida pela Aegea provém de fontes renováveis, e até 2030 a empresa compromete-se com a redução de 15% no consumo específico de energia, medido em kWh/m³, meta que está atrelada à emissão de um Sustainability-Linked Bonds (SLB), uma operação inédita para empresas de saneamento no Brasil.


Desenvolvida em parceria com a Faro Energy, empresa consolidada no mercado de transição energética com investimentos em projetos de geração de energia limpa. “Vamos além de nossas metas contratuais e, por meio deste projeto, além de priorizarmos o aumento na eficiência energética, continuamos nos comprometendo social e ambientalmente com as comunidades atendidas pelos nossos serviços. Carregamos o propósito ESG no nosso DNA”, destaca o diretor-executivo da Ambiental Metrosul, Fábio Arruda. "O setor de saneamento é fundamental para o bem-estar da população e poder ajudar uma empresa como a Ambiental Metrosul a prover esse serviço fundamental utilizando energia limpa é algo que nos deixa muito satisfeitos e honrados" refere Pedro Araújo Mateus, CEO da Faro Energy.


Fonte: Corsan/Aegea

Foto: Equipes da Aegea, Metrosul e Faro Energy em visita técnica à Usina Ponta Alegre V, em Três Passos

1.863 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page