top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Temporal causa transtorno na região Noroeste, municípios nas Missões e nos arredores de Ijuí


A chuva que voltou com força na noite desta quarta-feira (29) causou transtornos em diversas regiões do Rio Grande do Sul. Entre os principais problemas estão a falta de luz, queda de árvores e bloqueios de vias. Segundo a Defesa Civil, houve relatos de queda de granizo e estragos em residências nos municípios de Cachoeira do Sul e Jaguari, na Região Central, mas sem grande volume de atingidos. Não há registro de desalojados no Estado.


O Corpo de Bombeiros realizou diversos atendimentos em rodovias federais e estaduais, principalmente na BR-285, no Noroeste. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve bloqueios parciais para o atendimento das ocorrências, mas o trânsito seguiu fluindo em todos os trechos. Na região, houve bloqueios em trechos da BR-285 e ERS-344 em Entre-Ijuís, ERS-223 e ERS-824 em Ibirubá e BR-158 em Panambi e Cruz Alta.


Segundo a RGE, há 30 mil pontos com falta de luz em sua área de atuação, a maioria nas regiões Central, Sul e Noroeste. O número chegou a 52 mil na noite passada. Já a CEEE Equatorial, que fornece luz para Porto Alegre e Região Metropolitana, informa problemas em pontos isolados.


Em Santo Ângelo, o temporal provocou queda de árvores com danos em residências. De acordo com a Defesa Civil, a queda de uma árvore provocou um acidente de trânsito nas proximidades da estação rodoviária, ocasionando danos materiais. Alguns bairros ficaram sem energia elétrica por cerca de duas horas.


O temporal também causou transtornos em Ijuí. O Corpo de Bombeiros atuou para retirar árvores que caíram em vias públicas, especialmente nos bairros Herval, Elizabeth e Alvorada. Uma árvore caiu na rua Bento Gonçalves, no centro da cidade, nas proximidades da agência da Caixa. Um veículo foi atingido por galhos.


Os bombeiros ainda ajudaram na retirada de árvores e galhos na ERS-342, entre Ijuí e Cruz Alta, e no trecho entre Ijuí e Catuípe, além da BR-285 entre Ijuí e Bozano. O Departamento Municipal de Energia de Ijuí busca resolver os casos de falta de energia elétrica que chegam a cerca de 4.300 consumidores.


A Ceriluz contabilizou casos de falta de energia elétrica, a maioria em Ijuí, Santo Augusto, Ajuricaba, Catuípe e Augusto Pestana. Os problemas foram provocados pela queda de galhos sobre a rede ou desarme da chave de transformadores.

Há relatos de estragos no município de Júlio de Castilhos, provocados principalmente pela queda de árvores, inclusive sobre veículos. Houve destelhamentos na Vila Paina e bairros Tancredo Neves e Pró Morar. Um posto de combustíveis registrou danos parciais em sua estrutura.


Em Ajuricaba, conforme a Defesa Civil, pelo menos 10 residências tiveram destelhamentos parciais no centro da cidade e bairros. Árvores também caíram sobre estradas.


Em Entre-Ijuís, houve queda de árvores sobre a pista na Avenida Integração, principal via de acesso ao município, além do Bairro São Joaquim. A chuva acompanhada de granizo atingiu a área central e bairros. Não há relatos de destelhamentos.


Fonte: Rádio Alto Uruguai

Foto: Defesa Civil/Santo Ângelo


487 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page