redefort supersacolao.jpg
banner p.o.jpg
banner-hanauer-PO.png
viatec.png
rm-energia.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
peixoto_instaladora.png
mecaninca jaime 1000x250.jpg
sicredi.jpg
WS ESCAVAÇÕES 1000x250.jpg
loterica 1000x250 (2).jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg

Somos Mecanismos Vivos - Rabiscos do Silêncio


Todo ser vivo necessita de liberdade para poder desenvolver suas capacidades, dentro das chamadas espécies: humana, animal, vegetal... Tudo precisa estar em ordem para produzir harmonia, pois quando falta essa harmonia entra a desarmonia e o desiquilíbrio.


Cada ser vivo necessita viver promovido na sua essência e não destruído por ações limitadoras a sua própria liberdade, isso tira a manifestação da ordem em que tudo foi criado, ignorando o direito e a honra do valor que cada espécie precisa para poder ser ela mesma, sem interferência de maldade.


A desarmonia produz a indiferença e a dominação, consequentemente isso gera a triste realidade de pessoas famintas, massacradas, aprisionadas, torturadas, a custa de pão, território, florestas, sangradas por bombas e armas ou consumidas pela indiferença no olhar que suga o positivismo e a segurança existente nas pessoas humildes.


Enquanto isso se percebe que a harmonia é a substância espiritual, cuja expressão se faz presente na oração, verdade, amor, caridade e fé. Esta é a construção de si mesmo e com os outros, sem ser peso ou estorvo para a sociedade, porque se torna presença que atrai coisas vivas e se renova pela clareza da promoção do bem.


E o bem se promove quando sabemos promover a ordem social, mas isso não impede que evitemos todos os perigos, pois eles fazem parte da vida e enquanto se trabalha com as coisas que nos envolvem estamos sujeitos a sofrer percalços que provocam a desarmonia. Mas os perigos existem para buscarmos a fé em Deus no aperfeiçoamento das relações humanas.


Todos nós necessitamos de espaço físico para desenvolver nossas criatividades com o tempo e o ambiente que temos a nossa disposição. O espaço não pode ser bloqueado por intenções prejudiciais a nossa saúde psicológica, emocional ou física, isso corta a centralização dos bons fluidos da intelectualidade na organização da nossa própria criatividade.


As crianças precisam de liberdade para serem criativas para que produzam vida nova por onde passam. Adolescentes precisam de acolhimento para traçarem responsabilidades na descoberta de objetivos na vida. Jovens necessitam ser olhados com oportunidades de acolhida na direção da formação social. Os adultos precisam formar ideias com práticas coerentes com a responsabilidade de serem mecanismos vivos de exemplos positivos, que ajudem no acréscimo do espaço no pensamento integral e os idosos necessitam de espaços familiares para poder transformar suas experiências de vida com acolhida e respeito em ações de motivação.


Portanto, quem souber acolher as pessoas, a natureza e a Deus com amor, sente uma profunda sensação de paz em seu interior. Não fica mergulhado em conturbações pesadas que fermentem desconfiança, discórdia e mentira, pois integra seu saber a transparência singular que faz do seu existir uma intencionalidade profunda. Não fica indiferente com quem sofre a falta de amor e sabe integrar-se à realidade, sem reter os motivos de ser mecanismo vivo com a consciência aberta ao cultivo de novas experiências com a vida.

166 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo