top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Rabiscos do Silêncio - Reprimir e Deprimir


A representatividade de cada um de nós como seres animados nos permite ver além de nossa cabeça pensante e irmos nos transformando junto à realidade dos nossos pensamentos.

É fácil reprimir as pessoas que tem fragilidade em buscar a conclusão dos seus objetivos na vida. Geralmente essas pessoas trazem em sua essência um histórico de vida desfavorável, com muitos desafios deslocados em dissabores que conduziram as ações positivas a se transformarem em pessimismo ou negativismo.

Essas pessoas não foram valorizadas pela busca de ter autonomia, mas foram podadas nas escolhas da vida pelos seus familiares e a própria sociedade. É preciso saber conduzi-las a ver na plenitude da vida a fermentação de um caminho mais seguro e independente, pois muitas vezes a pessoa começa a se fechar e perde os sinais da esperança e sem a presença de alguém que saiba conversar, começa a se debater como andorinha ferida, com as asas caídas.

E quanto mais se debate, mais fere suas asas, pois se encontra envolta em um labirinto cheio de desconfiança e do esquecimento que foi provocado por gaviões diurnos que procuram abafar ainda mais a própria situação em que a pessoa está sofrendo. É preciso saber ser presença firme e forte na repressão dessas pessoas, presença que valorize o seu sofrer com amor e inclusão interior, abrindo os horizontes com representação de reconhecimento na sua dor.

Inclusão interior acontece quando o amor deixa-se compenetrar pelo sentido do sentimento do outro, isto é, eu preciso sentir o sofrimento depressivo em meu coração, ajudando a encontrar saídas, mas saídas sadias e não de culpa ou crítica pela situação das asas feridas pelos desgastes do cotidiano, pois cada pessoa é única e cada pessoa carrega seu histórico de vida presente em seu inconsciente.

Muitas pessoas gostariam de prestar ajuda às pessoas deprimidas, mas sentem-se impedidas por opiniões contrárias a sua vontade e então, sufocadas, recuam e se calam, o que é muito triste. Cada um de nós é um mistério diante de cada realidade que nos cerca e precisamos abrigar sentimentos favoráveis de convivência e aceitação, não pra ter horizontes reduzidos ou podados pelas incertezas.

E todas as pessoas necessitam de paz, mas uma paz transparente justificada pela verdade e interação. Paz que ajuda na recuperação da vontade própria como luz que ilumina as consciências que estejam necessitadas de estímulos na valorização do potencial de prestação do serviço. Não se deve anular esse valoroso dom de transformar vidas, através do toque otimista na presença da volta do sentido da vida.

Existe espaço pra promover as pessoas deprimidas em nosso coração, na necessidade de tomar as inciativas necessárias a uma abertura para convivência que facilite a entrada de pensamentos sadios, com a presença de DEUS e da experiência da vida e pela infusão de especialistas na medicina alternativa, os quais possam ajudar na recuperação do individuo que necessita ser amado pela família e pela sociedade, fazendo desaparecer a estranheza da vida que muitas cargas nocivas têm trazido pra quem esteja submetido a dor psíquica e física da depressão.

コメント


bottom of page