top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

PRF registra redução na violência no trânsito durante a Operação Carnaval 2023 no Rio Grande do Sul

Número de mortes nas rodovias federais gaúchas diminuiu 60%.



Foram seis dias de ações intensas da Polícia Rodoviária Federal nas rodovias e estradas federais do Rio Grande do Sul durante a Operação Carnaval 2023. A ação iniciou na sexta-feira (17) e seguiu até a quarta-feira (22).


Os números registrados apontam para a garantia da mobilidade e da segurança dos usuários e a redução na violência no trânsito. Em relação à operação do ano passado, houve queda no número de acidentes, de feridos e de mortos.


O número de mortes nas rodovias apresentou uma redução de 60%, sendo 10 casos na Operação Carnaval 2022 e 04 na edição de 2023. A quantidade de acidentes também diminuiu, enquanto no ano passado foram registrados 124 ocorrências, neste ano foram 57 - queda de 54%. O número de feridos reduziu de 139 para 45, quase 68% a menos.


As fiscalizações de trânsito registraram mais infrações que na operação do ano passado. Foram flagrados 280 casos de embriaguez ao volante, contra 275 em 2022. O não uso do cinto de segurança gerou 853 autuações, 21% maior que no ano anterior (668). As ultrapassagens indevidas aumentaram de 656 para 782, um percentual 16% maior. Foram fiscalizados um total de 17.078 veículos.


A Operação Carnaval 2023 faz parte da operação integrada Rodovida, iniciada em dezembro do ano passado e que segue até o próximo dia 26.


Combate ao crime


Além das ações de prevenção e manutenção da segurança viária e de garantia da mobilidade, a PRF atuou também no enfrentamento à criminalidade, alcançando importantes resultados. No estado, foram apreendidos aproximadamente 47 kg de cocaína, que representam um prejuízo estimado de mais de 8 milhões de reais para o crime organizado. Também foram recuperados 5 carros e 55 pessoas foram detidas por crimes diversos. Balanço das rodovias federais da região


Não houve nenhuma morte nas rodovias atendidas pela Delegacia PRF com sede em Sarandi. Foram registrados um total de 7 acidentes, com 4 pessoas feridas. Em 2022, foram 13 acidentes, com 3 pessoas mortas e 15 pessoas feridas.

As fiscalizações de trânsito registraram mais infrações que na operação do ano passado. Foram flagrados 40 casos de embriaguez ao volante, contra 22 em 2022. A falta do uso do cinto de segurança gerou 144 autuações, número próximo ao registrado em 2022 (149). As ultrapassagens indevidas aumentaram de 77 para 134, um percentual 74% maior. Foram fiscalizados um total de 1.402 veículos.


150 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page