redefort supersacolao.jpg
banner p.o.jpg
banner-hanauer-PO.png
viatec.png
rm-energia.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
peixoto_instaladora.png
mecaninca jaime 1000x250.jpg
sicredi.jpg
WS ESCAVAÇÕES 1000x250.jpg
loterica 1000x250 (2).jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg

Polícia confirma a prisão do indivíduo que abusou sexualmente e matou idosa em Igrejinha


A Polícia Civil confirmou na tarde de quinta-feira, 2, a prisão do indivíduo, 38 anos, por abusar sexualmente e matar uma idosa, 78 anos, em Igrejinha. A prisão ocorreu graças ao trabalho em conjunto da Polícia Civil e Brigada Militar.


O homem, suspeito de ter roubado e assassinado a senhora Colotildes Maciel Schimidt, na manhã do domingo, 29, em um beco cercado de vegetação que dá acesso pela rodovia ERS 115 ao centro do município.


Após investigações ininterruptas promovidas a partir da notícia do crime, diversas câmeras de monitoramento foram analisadas e foi possível verificar a presença do suspeito chegando e saindo do trilho onde o corpo da vítima foi encontrada sem vida em meio à vegetação, com indícios de possível abuso sexual, graves lesões na região da cabeça e também subtração de sua bolsa, sendo que três metros ao lado do corpo havia um sarrafo de madeira.


Conforme informou o Delegado de Polícia Ivanir Luiz Moschen Caliari, responsável pelo inquérito policial, em uma das imagens foi possível verificar o suspeito juntando do chão um sarrafo de madeira e posteriormente seguindo até o local do crime, onde, em seguida, é possível perceber a chegada da vítima caminhando.


Verificando outras câmeras no entorno do local, foi possível constatar que o suspeito sai do trilho em horário compatível com a execução do crime e segue caminhando em direção a bairro vizinho, onde os policiais civis apuraram junto a moradores que, na mesma manhã do crime, o investigado passa a oferecer um relógio para venda, objeto descrito por familiares da vítima como sendo possivelmente roubado durante seu assassinato, pois era costumeiramente levado pela idosa em sua bolsa, que não foi localizada junto ao corpo da vítima.


O Delegado Caliari informou que o suspeito possui diversos antecedentes por prática de furtos e roubos na cidade de Igrejinha, tendo, inclusive, respondido a inquérito policial por suspeita de estupro no ano de 2002 em Frederico Westphalen, sendo atualmente morador de rua e usuário contumaz de crack.


O investigado foi conduzido a Delegacia de Igrejinha, órgão onde foi interrogado e, posteriormente, teve formalizado o cumprimento de sua prisão preventiva, decretada pelo poder judiciário após representação do Delegado Caliari.


O Delegado Polícia Regional, Diretor da 2ª DPRI de Gramado, Dr Heliomar Athaydes Franco, destacou a relevância das investigações e resposta dada pela Polícia Civil, em um caso que chocou a todos por sua crueldade e desrespeito com a vítima.


Após as diligências, o preso foi levado a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Taquara (DPPA), onde aguardará pela definição do presídio para onde será encaminhado.


Fonte: Repercussão Paranhana

Foto: Polícia Civil e Brigada Militar


1.103 visualizações0 comentário