top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Operação Piracema 2023/2024, apreende redes de pesca em Crissiumal, Derrubadas e outros municípios

O 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar (BABM) segue atuando no período do defeso da Piracema 2023/2024. E, nesta quinta-feira (25/01), as equipes do 3º BABM fiscalizaram rios e barragens do interior do Estado.

No município de Machadinho, os policiais militares realizaram o patrulhamento embarcado no Rio Uruguai e retiraram das águas, 820 metros de redes de pesca, inseridas, ilegalmente, no rio. Mais de 250 peixes que estavam presos às redes, foram devolvidos ao ambiente aquático.

Em Aratiba, as equipes efetuaram o patrulhamento embarcado no Rio Uruguai e no lago da Usina Hidrelétrica de Itá, divisa com Santa Catarina. Com o drone, houve a inspeção de pontos utilizados para acampamentos, em meio à mata, e também ocorreu o monitoramento de locais usados para a pesca e caça ilegal.


Já nos municípios de Tio Hugo e Ernestina , o patrulhamento foi no lago da Barragem de Ernestina. Utilizando um barco a motor, os policiais militares localizaram 100 metros de redes fixados, ilegalmente, no ambiente aquático.


No município de Frederico Westphalen, houve a apreensão de 5.350 metros de redes de pesca, 643 metros de espinhel, 87 anzóis de galho (artesanal ), 6 molinetes, 1 passaguá, 336 anzóis, 350 metros de corda, 10 rolos de linhas de pesca e mais petrechos artesanias usados na pesca predatória.


Na cidade de Vicente Dutra , um homem foi autuado por pesca ilegal. Foram apreendidos 650 metros de redes de pesca e 12 quilos de peixes das espécies Cascudo e Pintado.

No Rio Uruguai, na altura de São Borja, os policiais militares retiraram das águas 425 metros de redes de pesca. Já em Crissiumal, também no Rio Uruguai, divisa com a Argentina, houve a apreensão de 312 metros de redes de pesca, 182 metros de espinhel e 15 esperas (artesanais) para capturar peixe Dourado.


No interior de Caxias do Sul, no Rio Lageado Grande, a equipe do 3º BABM, utilizando o drone, fiscalizou o ambiente aquático, locais utilizados como acampamentos e vistoriou a mata ciliar, tendo como objetivo o combate à pesca predatória, caça ilegal e intervenção em áreas de preservação permanente- APP.

Houve apreensão de petrechos utilizados na pesca ilegal em São Francisco de Paula, na Barragem do Blang. Os policiais militares apreenderam 77 boias-loucas - material confeccionado artesanalmente e extremamente predatório. No interior de Bento Gonçalves foram realizadas barreiras de fiscalização em locais de acesso a acampamentos e pontos usados para a pesca ilegal.


Na área do Parque Estadual do Turvo em Derrubadas, a equipe do 3º BABM realizou patrulhamento aquático preventivo nas águas do Rio Uruguai e localizaram 2.850 metros de redes de pesca. Peixes das espécies Grumatã, Cascudo , Piava e Peixe-Cachorra, nativos da região, foram devolvidos ao ambiente aquático.


Todos os materiais foram apreendidos conforme Termos de Apreensão e serão incinerados.


O defeso da Piracema - período de reprodução dos peixes - seguirá até 31 de janeiro de 2024.

Fonte: MB Notícias com informações da Comunicação Social 3º BABM

Fotos: 3º BABM

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page