top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Onda de calor de fim de verão trará máximas até 10ºC acima do normal

Onda de calor muito intensa e prolongada afetará o Brasil nos últimos dias do verão de 2024. Isso porque uma bolha de calor vai se instalar sobre o Norte da Argentina e o Paraguai com temperatura muito alta em vários estados do Brasil. Os últimos dias da estação vão se dar com temperatura muito acima da média em parte do país com marcas nos termômetros até 10ºC acima do que é normal para esta época do ano, potencialmente estabelecendo alguns recordes históricos para março.


O período de calor excessivo será prolongado em vários estados, uma vez que vai se estabelecer um bloqueio atmosférico que vai impedir o avanço de frentes frias, levando à sequência de muitos dias seguidos de temperatura acima a muito acima das médias históricas.


A instabilidade ficará retida entre 30ºS e 35ºS com muita chuva e temporais frequentes no Centro da Argentina, Uruguai e parte do estado gaúcho. A onda de calor será tão prolongada, ao menos de dez dias em alguns estados, que o calor excessivo vai se estender até o fim do verão, que ocorre pelo equinócio no dia 20 de março, à 0h06.


Mais ao Sul do Brasil é que se espera que chegue um alívio antes por chuva e temporais, mas vai seguir por demais abafado. O centro da bolha de calor vai estar situado sobre o Norte da Argentina e o Paraguai, onde são esperadas as mais altas temperaturas. As máximas em províncias do Norte argentino e em algumas cidades paraguaias nesta semana pode atingir valores tão altos quanto 43ºC a 45ºC.


Fonte: Metsul Meteorologica

Foto: reprodução


Comments


bottom of page