redefort supersacolao.jpg
banner p.o.jpg
banner-hanauer-PO.png
viatec.png
rm-energia.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
peixoto_instaladora.png
mecaninca jaime 1000x250.jpg
sicredi.jpg
WS ESCAVAÇÕES 1000x250.jpg
loterica 1000x250 (2).jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg

“Me ajuda estou sofrendo abuso sexual”: Em bilhete, menina denuncia padrasto em Santa Catarina


A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami-Fron) prendeu preventivamente um homem de 55 anos, suspeito de estuprar a enteada de apenas 10 anos. A prisão aconteceu nesta quinta-feira (12), em Chapecó (SC).


Entenda o caso:


O caso chegou ao conhecimento da DPCAMI na última terça-feira (10). A situação chamou bastante atenção dos policiais, porque a menina entregou um bilhete ao monitor do transporte que a levava até a escola que estudava. No papel ela dizia “ME AJUDA ESTOU SOFRENDO ABUSO SEXUAL” O monitor acionou o Conselho Tutelar que levou o caso à polícia.


Imediatamente a vítima e testemunhas foram ouvidas, perícias realizadas e outras diligências foram efetivadas a fim de angariar elementos que comprovem os fatos denunciados. Instaurado Inquérito Policial, o Delegado de Polícia responsável pelo caso representou pela prisão preventiva do acusado. O pedido teve parecer favorável do Ministério Público e foi deferido pelo Poder Judiciário. Nesta quinta-feira, o homem foi preso pelo Setor de Investigações da DPCAMI de Chapecó.


Chamou atenção neste caso a forma em que a criança pediu ajuda. O Delegado Eder Matte destacou que aquela atitude foi um pedido de socorro, e que a vítima deveria estar vivenciando uma situação terrível.


O Delegado também destacou que a maioria dos abusos sexuais praticados contra crianças e adolescentes ocorrem no ambiente familiar. “Devemos cuidar das nossas crianças e ficar atentos a qualquer mudança/alteração de comportamento”, informou o delegado.


O homem foi encaminhado para o presídio de Chapecó, onde permanecerá à disposição da Justiça.


Fonte: Clic RDC

Foto ilustrativa: Arquivo/Agência Brasil



1.320 visualizações0 comentário