top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Hospital de Caridade em Três Passos têm 15 pacientes internados em razão da dengue

Os números relativos à dengue foram atualizados nesta segunda-feira (26), em Três Passos. De acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, são 517 casos confirmados da doença, além de 18 casos que estão sob investigação. 79 exames coletados foram descartados para a doença até o momento.


A nossa reportagem também conseguiu informações sobre o número de pessoas internadas no Hospital de Caridade, em razão da doença: nesta segunda-feira, são 15 pacientes hospitalizados em razão da dengue, sendo dois pacientes internados na UTI.


Município articula ações para combater o avanço da doença


Na manhã desta segunda-feira (26), o prefeito em exercício de Três Passos, Rodrigo Ipê, esteve reunido com a secretária municipal de Saúde, Maria Helena Krummenauer, e toda sua equipe, para tratar de vários assuntos prioritários relacionados ao combate ao mosquito transmissor da dengue.


Um dos temas tratados foi a força-tarefa da Secretaria Estadual da Saúde, que vai entrar em ação junto com as prefeituras municipais da região, inclusive em Três Passos.


Profissionais de saúde e gestores do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), do Departamento de Atenção Primária e Políticas de Saúde (DAPPS) e Departamento de Gestão da Atenção Especializada (DGAE) estarão presentes aqui no município, já nos próximos dias.


As equipes designadas estão prestando apoio com atividades de orientação e prevenção aos focos do mosquito. Medidas de verificação de pátios e locais propícios para formação de criadouros serão intensificadas junto aos moradores da cidade.


Entre as estratégias, está a técnica de Borrifação Residual Intradomiciliar (BRI-Aedes), um inseticida em áreas de repouso dos insetos e que já está sendo aplicado em Três Passos.


Ainda foram traçadas metas de atividades como colocação de armadilhas, realização de fumacê nas bocas de lobos, colocação de caixas para recolhimento de entulhos, pulverização nas casas, visitas domiciliares para fiscalização e conscientização, divulgação em veículos de comunicação e redes sociais da necessidade da prevenção, sintomas da doença, entre outras.


Algumas medidas a serem tomadas:

– Verificar se a caixa d’água está bem tampada,

– Colocar areia nos pratos de plantas,

– Recolher e acondicionar o lixo do quintal,

– Limpar as calhas,

– Cobrir piscinas,

– Cobrir bem a cisterna,

– Deixar as lixeiras bem tampadas,

– Limpar a bandeja externa da geladeira,

– Tapar os ralos e baixar as tampas dos vasos sanitários,

– Limpar e guardar as vasilhas dos bichos de estimação,

– Limpar a bandeja coletora de água do ar-condicionado,

– Cobrir bem todos os reservatórios de água.


Denúncias de locais suspeitos podem ser realizadas no setor das Agentes de Endemias 55 9901-1853 e na Ouvidoria (55) 99979-0444.


Fonte: Rádio Alto Uruguai

Foto: MB Notícias - Néia Benites

348 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page