top of page
cresol.jpg
IPTU 2024 - BANER PORTEL ON LINE.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg
oeste pneus.jpg

Governo propõe reajuste no vale-refeição dos servidores e anuncia antecipação do 13° salário


Em reunião com deputados da base aliada do governo na Assembleia, o governador Eduardo Leite apresentou uma série de projetos de lei que serão encaminhados ao Legislativo nesta terça-feira (3/10). Uma proposta impacta diretamente a vida dos servidores públicos do Estado: o aumento no valor do vale-refeição. No encontro, Leite anunciou ainda um decreto que antecipa o pagamento do 13° salário.


O governo propõe um reajuste no benefício de alimentação, a retirada da coparticipação dos funcionários e a extensão do vale para todas as categorias. Isso significa ganho real nos vencimentos dos servidores. Para os que já recebiam, o valor sairá de R$ 268,84, com coparticipação, para R$ 366,60, sem coparticipação. A partir de outubro (caso o projeto seja aprovado) e, a partir de maio de 2024, saltará para R$ 400. Com o reajuste, mais de 60% dos funcionários públicos do Executivo terão incremento na remuneração líquida de 4,1% a 7%.


Em relação ao 13°, o governo decretou a antecipação do pagamento de 90% da gratificação para o dia 1° de novembro. O saldo restante, de 10%, será quitado em 20 de dezembro.


“Estamos avançando, de forma responsável, com medidas em favor dos nossos servidores. Isso é resultado do esforço do governo, no qual se incluem os funcionários públicos, para transformar a realidade do Estado”, afirmou o governador durante a reunião no Palácio Piratini.


Além dessas propostas, o governo também está enviando ao parlamento outros dez projetos com ajustes administrativos e legais ligados a diversas secretarias. Um dos textos diz respeito ao aperfeiçoamento do Pró-Cultura, propondo alterações na forma de avaliação e julgamento dos projetos culturais que se credenciem à obtenção de recursos advindos do sistema.


Projetos de Lei a serem encaminhados à ALRS

Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão


Altera a lei nº 14.040, de 6 de julho de 2012, que institui o Fundo Estadual de Apoio à Inclusão Social e Produtiva (Feaisp); e o anexo da lei nº 15.934, de 1º de janeiro de 2023, que dispõe sobre a estrutura administrativa e diretrizes do Poder Executivo do Estado do Rio Grande do Sul e dá outras providências.


Junta Comercial, Industrial e Serviços – JucisRS


Altera a lei nº 14.218, de 8 de abril de 2013, que transforma em autarquia a Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul – com denominação alterada para Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul (JucisRS) –, extingue e cria cargos em comissão e funções gratificadas e dá outras providências.


Fundação de Proteção Especial


Altera a lei nº 15.684, de 26 de agosto de 2021, e dá outras providências. Prorroga os sete contratos já previstos na referida lei, que expiram em 2023.


Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária


Altera a redação do artigo 3º da lei estadual nº 15.487/2020, que trata da alienação de lotes urbanos localizados no Loteamento Santa Luzia, na cidade de Sapucaia do Sul. Tem como objetivo a emissão de dezenas de Termos de Legitimação Fundiária aos ocupantes com cadastro socioeconômico concluído e aprovado pela Divisão de Trabalho Social e Direito Urbanístico do Derf.


Secretaria de Logística e Transportes


Institui taxas decorrentes do exercício regular do poder de polícia sobre as faixas de domínio e áreas adjacentes das rodovias estaduais e federais delegadas ao Estado e sobre acessos, comina penalidades e dá outras providências.


Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR)


Autoriza o Poder Executivo a contratar recursos humanos, em caráter emergencial e por tempo determinado, por intermédio de Processo Seletivo Simplificado, para a Empresa Gaúcha de Rodovias, órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, para atender necessidade temporária de excepcional interesse público.


Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura


Altera a lei nº 7.877, de 28 de dezembro de 1983 que dispõe sobre o transporte de cargas perigosas no Estado do Rio Grande do Sul e dá outras providências. Tem por escopo o aprimoramento e a atualização do mecanismo que estabelece o controle ambiental da atividade de transporte terrestre e fluvial de produtos perigosos no território do Estado, visando adequação à legislação federal, bem como altera a responsabilidade técnica pelo transporte.


Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Profissional


Altera a lei nº 13.518, de 13 de setembro de 2010, que institui o Programa Gaúcho de Artesanato (PGA), cria o Comitê Gaúcho de Artesanato (CGA) e dá outras providências.


Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação


Altera a lei nº 15.223, de 5 de setembro de 2018, que institui a Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável da Pesca no Estado do Rio Grande do Sul e cria o Fundo Estadual da Pesca.


Secretaria da Cultura


Altera a lei 13.490/2010, que institui o Sistema Estadual Unificado de Apoio e Fomento às Atividades Culturais (Pró-Cultura), e dá outras providências. Visa ao aperfeiçoamento do Pró-Cultura, propondo alterações na forma de avaliação e julgamento dos projetos culturais que se credenciem à obtenção dos recursos advindos do sistema.


Texto: Juliano Rodrigues/Secom

Edição: Felipe Borges/Secom

Foto: Maurício Tonetto/Secom

184 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page