top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Eleições 2022: veja quem são os candidatos ao governo do Rio Grande do Sul


As convenções partidárias, que oficializam os candidatos ao governo do Rio Grande do Sul, começaram no dia 20 de julho. Até a última atualização desta reportagem, no dia 5 de agosto, 11 partidos haviam definido o candidato oficialmente. Veja os nomes confirmados abaixo.


O pedido de registro da candidatura deve ser feito até 15 de agosto. Após as eleições, no dia 2 de outubro, um eventual segundo turno está marcado para 30 de outubro. Presidente e governadores eleitos tomarão posse em 1º de janeiro de 2023.


CARLOS MESSALLA (PCB)



Carlos Messala, candidato do PCB ao governo do RS — Foto: Reprodução/RBS TV


Carlos Messala teve a candidatura oficializada pelo PCB no dia 30 de julho. O partido indicou Edson Canabarro como candidato a vice-governador.


Natural de Gravataí, é servidor públicos dos Correios.


EDEGAR PRETTO (PT)



Edegar Pretto (PT) — Foto: Carol Ferraz/Divulgação


O PT aprovou em convenção estadual no dia 31 de julho a escolha de Edegar Pretto como candidato ao governo do Rio Grande do Sul. A oficialização da candidatura foi realizada no Hotel Ritter, em Porto Alegre. A vaga para vice-governador é de Pedro Ruas (PSOL).


Natural de Miraguaí, Edegar Pretto é deputado estadual e já foi presidente da Assembleia Legislativa. O PV e o PC do B, membros da federação com o PT, além de PSOL e Rede anunciaram apoio ao político no estado.


EDUARDO LEITE (PSDB)



Eduardo Leite (PSDB) — Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini


O PSDB aprovou em convenção estadual no dia 31 de julho Eduardo Leite como candidato ao governo do Rio Grande do Sul. A oficialização foi realizada no Teatro da Associação Médica do Rio Grande do Sul. Gabriel Souza (MDB) será o candidato a vice na chapa. O PSD indicou Ana Amélia Lemos ao Senado.


Natural de Pelotas, Eduardo Leite foi vereador e prefeito do município e governador do estado entre 2019 e 2022. Além do MDB e do PSD, o tucano é apoiado pelo Cidadania, que compõe federação com o PSDB, União Brasil e Podemos.


LUIS CARLOS HEINZE (PP)



Luis Carlos Heinze (PP) — Foto: Divulgação


Luiz Carlos Heinze teve a candidatura oficializada pelo PP no dia 30 de julho. O partido também oficializou a candidatura da vereadora de Porto Alegre Nadia Gerhard ao Senado. O PTB anunciou apoio ao político, indicando a vereadora de Porto Alegre Tanise Sabino como vice. O PRTB integra a chapa.


Natural de Candelária, Luis Carlos Heinze foi prefeito de São Borja, deputado federal e é senador.


ONYX LORENZONI (PL)



Onyx Lorenzoi (PL) — Foto: Carolina Antunes/PR


Onyx Lorenzoni teve a candidatura oficializada em convenção do PL realizada no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, no dia 22 de julho. A candidata a vice será a atual vice-prefeita de Guaíba, Cláudia Jardim. A convenção aprovou a coligação com o Republicanos, que deve indicar o candidato ao Senado, o vice-presidente Hamilton Mourão, com o Patriota e com o PROS.


Natural de Porto Alegre, Onyx Lorenzoni foi deputado estadual e é deputado federal. Ocupou os ministérios da Casa Civil, da Cidadania e do Trabalho e Previdência, além da Secretaria-Geral da Presidência, no governo de Jair Bolsonaro (PL).


PAULO ROBERTO (PCO)



Paulo Roberto Silveira Pedra Júnior teve a candidatura oficializada em convenção virtual realizada no dia 5 de agosto. O PCO também oficializou Mário César Zettermann Berlese Filho como candidato a vice-governador e Francisco Franke Settineri ao Senado.


REJANE DE OLIVEIRA (PSTU)



Rejane de Oliveira (PSTU) — Foto: PSTU/Divulgação


Rejane de Oliveira teve a candidatura oficializada no dia 30 de julho. Ela terá como vice Vera Rosane, também do PSTU. Fabiana Sanguiné concorre ao Senado pelo partido.


Natural de Porto Alegre, Rejane é professora estadual aposentada e foi presidente do CPERS Sindicato.


RICARDO JOBIM (NOVO)



Ricardo Jobim (Novo) — Foto: Divulgação


Ricardo Jobim teve a candidatura oficializada em convenção do NOVO no Hotel Quality, em Porto Alegre, no dia 23 de julho. O partido indicou como candidato a vice-governador o advogado Rafael Dresch.


Natural de Santa Maria, Ricardo Jobim é advogado e empresário.


ROBERTO ARGENTA (PSC)



Roberto Argenta teve a candidatura oficializada em convenção do PSC, realizada no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, no dia 20 de julho A servidora pública e professora universitária Nivea Rosa, do Solidariedade, foi definida como a candidata a vice-governadora na chapa. Maristela Zanotto (PSC) será candidata ao Senado. O Agir também integra a chapa.


Natural de Gramado, Roberto Argenta foi prefeito e vereador de Igrejinha, além de deputado federal. Atualmente, atua como empresário.


VICENTE BOGO (PSB)



Vicente Bogo (PSB) — Foto: Ana Paula Aprato/Agência ALRS


Após a desistência de Beto Albuquerque, o PSB anunciou a pré-candidatura de Vicente Bogo ao governo do estado, com Josiane Paz de vice. Airto Ferronato é o candidato ao Senado.


Natural de Rio do Oeste (SC), Vicente Bogo foi vereador, deputado federal, vice-prefeito de Santa Rosa e vice-governador de Antônio Britto, entre 1995 e 1998.


VIEIRA DA CUNHA (PDT)



Vieira da Cunha teve a candidatura oficializada no dia 30 de julho em Porto Alegre. O PDT confirmou a vereadora de Passo Fundo professora Regina Costa dos Santos como vice na chapa. O Avante indicou Professor Nado para concorrer ao Senado pela chapa.


Natural de Cachoeira do Sul, Vieira da Cunha foi vereador em Porto Alegre, deputado estadual e deputado federal. Já foi presidente da Assembleia Legislativa.


Fonte: g1/RS

Palácio Piratini, sede do Poder Executivo do Rio Grande do Sul — Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Comments


bottom of page