top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Dois pilotos morrem após acidente grave em prova de Moto 1000 GP, no Paraná

A quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, em Cascavel, no Paraná, neste domingo (27), foi marcada por um grave acidente. Logo após a largada, no complemento da primeira volta, o piloto André Veríssimo Cardoso, de 42 anos, caiu de sua moto e foi atropelado na pista por Érico Veríssimo da Rocha, 38 anos, que sofreu grande impacto ao cair de seu veículo. Os dois condutores não resistiram aos ferimentos e morreram, segundo a assessoria do Moto 1000 GP.

André tinha largado em oitavo, entre os mais de 150 pilotos de dez diferentes países. Na saída de uma das curvas do Autódromo Zilmar Beux, ele caiu e ficou no meio da pista. Ao se levantar, foi atingido em cheio por Érico. Após atendimento emergencial, foi encaminhado para o centro cirúrgico, mas teve uma parada cardiorrespiratória e veio a falecer. Apesar do sobrenome, mas não há parentesco entre os pilotos.


Após a batida, por volta das 13h20min, a corrida foi interrompida imediatamente sob bandeira vermelha. Seguindo os protocolos internacionais de segurança estabelecidos pela Federação Internacional de Motociclismo, os pilotos foram encaminhados em estado gravíssimo para a unidade hospitalar.


A direção de prova suspendeu todas as atividades no circuito, sem previsão de retomada. A organização do Moto 1000 GP lamentou o ocorrido em comunicado oficial enviado para a imprensa. "Infelizmente um dia lindo de corridas se transformou em um dos dias mais tristes da história do Moto 1000 GP.

Nesse momento nossos pensamentos e preces estão inteiramente direcionados às famílias e aos nossos amigos e pilotos que partiram", consta no documento.


Fonte: GZH

Foto: Reprodução GZH

671 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page