top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Cerca de 117 mil clientes da RGE ficam sem energia após temporal desta sexta-feira

O temporal que atingiu diversas localidades na madrugada e início da manhã desta sexta-feira (29) causou estragos na região Noroeste. Há registro de falta de energia elétrica em, pelo menos, cinco regiões do Estado — conforme balanço divulgado às 18h, eram 129 mil clientes afetados. Pela manhã, o numero chegou a 236 mil.


Na área de concessão da RGE, são 117 mil clientes atingidos, segundo a última atualização realizada nesta tarde. A maioria dos casos se concentra na Região Norte.


Segundo a concessionária, o temporal se intensificou no norte do Estado, com grande volume de chuva, descargas atmosféricas e forte vento, o que prejudica o fornecimento em diversos municípios. Os danos na rede elétrica são provocados, principalmente, por galhos, árvores e objetos arremessados pelo vento.


Segundo a Defesa Civil do Estado, até o momento os seguintes municípios reportaram terem sofrido danos com o temporal: Cândido Godói, Cerro Largo, Chiapeta, Erechim, Giruá, Horizontina, Inhacorá, Lagoa dos Três Cantos, Nova Candelária, Paim Filho, Ponte Preta, Porto Lucena, Porto Xavier, Rolador, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, Santo Cristo, São Francisco de Paula, São Luiz Gonzaga, São Nicolau, São Valentim, Tucunduva e Ubiretama. Nesses locais, houve queda de árvores e danos em telhados, principalmente.


A cidade de Sede Nova, mais uma vez foi atingida por forte vendaval, o que causou o destelhamento de dezenas de casas. No mês de julho, um forte temporal já havia castigado o município.


Em Três Passos, os fortes ventos causaram destalhamentos parciais em algumas casas no bairro de Padre Gonzáles e prejuízos em algumas empresas da área urbana da cidade. A energia começou a ser restabelecida por volta de 17h30min.


Em Nova Candelária, ventos fortes atingiram a cidade e o interior do município. Houve dano na fiação elétrica e em prédios. Parte do município ficou sem energia elétrica.


Em São Borja, na Fronteira Oeste, a chuva e o vento forte deixaram quatro casas destelhadas nos bairros Tiro e Itacherê, além de uma árvore caída. Segundo a Defesa Civil, as equipes dos bombeiros ainda estão fazendo desobstrução de ruas nas quais houve queda de árvores e galhos.


Fonte: Rádio Alto Uruguai - com informações de GZH

Foto: Seguidor MB Notícias

Komentáře


bottom of page