top of page
cresol.jpg
IPTU 2024 - BANER PORTEL ON LINE.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg
oeste pneus.jpg

Briga por garrafa de cerveja termina em tentativa de homicídio em Passo Fundo

Na tarde de domingo (17), uma briga motivada por uma garrafa de cerveja terminou em uma pessoa gravemente ferida e o autor preso, na Avenida Brasil, no bairro Boqueirão em Passo Fundo.


Segundo informações obtidas pela Reportagem Policial da Rádio Uirapuru, um homem estava caminhando com seu cachorro, quando pegou uma cerveja em um posto de combustível e foi sentar próximo a ciclovia para tomar.


Após abrir a sua garrafa de cerveja (long neck), um indígena se aproximou e pediu a cerveja. O autor não lhe deu a garrafa, e com isso foi atingido por um tapa no rosto.


O homem pegou a garrafa e deu um golpe forte na altura do pescoço do indígena, vindo a causar um corte profundo no pescoço. Após, o autor deixou o local, caminhando com seu cachorro.


A vítima ficou no chão, gravemente ferida, perdendo muito sangue, sendo na sequência socorrida por populares que passavam pelo local. Ele foi levado ao Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), onde fez mais de 20 pontos no pescoço.


A Força Tática/3°RPMon estava nas proximidades, e acompanhou a informação via rede de Rádio interna da Brigada Militar/190.


Iniciaram as buscas pelo autor, e através das características, ele foi localizado ainda caminhando com seu cachorro, na ciclovia próximo ao mercado Grenal.


Foi realizada a abordagem e consulta do indivíduo no sistema informatizado. O homem de iniciais: V. V. de 70 anos, tem quatro homicídios já julgados. O homem esteve mais de 20 anos preso no regime fechado.


Diante das circunstâncias, ele foi preso e encaminhado a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), para a lavratura da ocorrência. O caso foi registrado como tentativa de homicídio.


A vítima no HSVP:


A vítima de iniciais S.N. permanece internado, com vários pontos na altura do pescoço. Por menos de 1 centímetro, ele não foi atingido na artéria.


Seu estado já é considerado instável.

A Polícia Civil através da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.


Fonte: Repórter Policial João Victor Lopes - Rádio Uirapuru


281 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page