top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Veículo que atropelou e causou a morte de jovem na ERS 330 era da Prefeitura de Tenente Portela


A morte da jovem, Andrea Candido de 20 anos, ocorrido no final da noite de sexta-feira (17), foi causada por um veículo do transporte escolar, pertencente ao município de Tenente Portela.


O atropelamento ocorreu na localidade de Gamelinhas, por volta das 23 horas, quando a jovem que voltava do trabalho de um frigorífico de Itapiranga em Santa Catarina, desceu do ônibus que faz o transporte dos funcionários e ao atravessar a rodovia foi atropelada por outro Ônibus, este que faz o transporte de alunos indígenas que estudam no turno da noite e trafegava naquele momento apenas com o condutor no seu interior.


Andrea Cândido morreu no local. Segundo apurou a nossa reportagem, os pais aguardavam a jovem no local, do outro lado da pista e presenciaram o atropelamento. O condutor do coletivo causador da morte, ficou no local para prestar socorro, e chegou a ser agredido, devido ao fato ter gerado uma comoção e revolta. O motorista foi levado com ferimentos sem gravidade, ao Hospital Santo Antônio de Tenente Portela para atendimento médico.


A Prefeitura de Tenente Portela emitiu nota de pesar pela morte da jovem e está prestando todo apoio à família e segue contribuindo para o esclarecimento oficial das causas do acidente.


O velório de Andrea Candido ocorreu na Igreja Assembleia de Deus Setor do KM 10 e o corpo foi sepultado no Cemitério Indígena de Tronqueiras, Miraguaí.

Fonte/Redação: MB Notícias

Comentários


bottom of page