top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Três prisões no âmbito do inquérito que investiga morte de três-passense no Vale do Taquari

Três pessoas suspeitas de envolvimento na morte da três-passense Eloete de Oliveira, de 54 anos, foram presas até o momento pela Polícia Civil, na região do Vale do Taquari.


Dois suspeitos foram presos na manhã de terça-feira (12), em Boqueirão do Leão, durante a Operação Anto Bravo. Uma arma e drogas também foram apreendidas. Durante a tarde, uma terceira pessoa foi presa, desta vez no município de Progresso, onde a vítima residia. A Polícia Civil não divulgou maiores detalhes, mas confirma que as investigações prosseguem.


A três-passense Eloete de Oliveira teve seu corpo encontrado no dia 21 de fevereiro, no município de Sério, também no Vale do Taquari. Ela estava desaparecida desde o dia 13 de fevereiro. Ela residia com seu companheiro, no interior de Progresso, no Vale do Taquari.


O caso


Eloete de Oliveira, 54 anos, desapareceu no dia 13 de fevereiro, em Progresso, a cerca de 150km de Porto Alegre. Segundo a versão do marido de Eloete, o casal foi assaltado por um grupo de cinco homens dentro da própria casa, na localidade de Anto Bravo.


Ele afirmou que conseguiu fugir pela janela para buscar ajuda, mas ouviu disparos de arma de fogo dentro da residência. Quando voltou para dentro de casa, não viu mais a esposa, nem os celulares do casal.


Uma equipe de bombeiros de Porto Alegre foi até a cidade para ajudar nas buscas com cães farejadores. Dentro da casa, policiais encontraram marcas de sangue. Apesar do ocorrido, segundo as investigações, nenhum objeto foi levado e nem resgate foi solicitado.


No dia 21 de fevereiro, o corpo da mulher foi encontrado, em avançado estado de decomposição, às margens da ERS-421, no interior do município de Sério. No dia 27, a perícia confirmou que o cadáver pertencia a mulher, até então considerada desaparecida.


Fonte: Rádio Alto Uruguai - com informações do Grupo A Hora


Commentaires


bottom of page