redefort supersacolao.jpg
banner p.o.jpg
banner-hanauer-PO.png
viatec.png
rm-energia.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
peixoto_instaladora.png
mecaninca jaime 1000x250.jpg
sicredi.jpg
WS ESCAVAÇÕES 1000x250.jpg
loterica 1000x250 (2).jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg

Temporal provoca destelhamentos e queda de árvores em Humaitá


O temporal de chuva e vento forte provocou estragos na cidade de Humaitá na tarde desta quinta-feira (30). Dentre os principais estragos estão o destelhamento do salão paroquial da IECLB e a queda de uma árvore sobre o telhado da EMEI Nossa Senhora Aparecida. A chuva forte foi registrada entre 16h e 16h30. O acumulado no período no centro da cidade foi de 30 milímetros.


No salão evangélico, praticamente metade da cobertura foi arrancada pela força do vento, justamente a parte de telhas de zinco. A outra metade, de telhas de fibrocimento, aparentemente, não foi afetada. As telhas arrancadas pelo vento ficaram sobre o pátio da APAE que fica ao lado do salão.


Na EMEI Nossa Senhora Aparecida, situada na Vila Jardim, uma árvore de grande porte se quebrou a caiu sobre o telhado da escola. A área da escola atingida pela árvore fica sobre um banheiro, trocador e depósito. Os galhos não chegaram a perfurar o forro. As repartições acabaram inundadas pela água da chuva, assim como uma das salas de aula. Alguns poucos alunos estavam na sala e logo foram retirados.


Do total de cerca de 90 alunos matriculados, em torno de 20 estavam na escola no momento do incidente. Felizmente ninguém se feriu. Os pais e responsáveis foram acionados e a maioria das crianças foi levada para casa após o temporal. A secretária municipal de Educação, Marcia Pessoa Hanauer, afirmou que a seguradora foi acionada e já é feito levantamento no local. De acordo com a secretária, já estava nos planos efetuar o corte da árvore no mês de janeiro.


Há registro também de destelhamento de residências no perímetro urbano da cidade. Pelo menos uma casa do Bairro Pérola teve o telhado da varanda arrancado pela força do vento. Também houve queda de árvores em diferentes pontos da cidade.


A Defesa Civil municipal está mobilizada na distribuição de lonas para as famílias afetadas por destelhamentos. As pessoas que precisam de lonas devem entrar em contato pelo telefone: 99943-5661. Também é feito um levantamento mais detalhado sobre os estragos na cidade.



Fonte: Rádio Alto Uruguai

Fotos: Thomás Silvestre - Rádio Alto Uruguai



758 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo