top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Técnicos do governo do Estado discutem estratégias de enfrentamento à dengue em Tenente Portela

Uma equipe técnica formada por profissionais de saúde e gestores do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) e dos Departamentos de Atenção Primária e Políticas de Saúde (DAPPS) e Gestão da Atenção Especializada (DGAE) esteve em Tenente Portela na manhã desta quinta, 22.


Os servidores compõe a força-tarefa proposta pelo Governo do Estado para auxiliar os Municípios no enfrentamento da dengue.


Conforme o diretor adjunto do CEVS, Marcelo Vallandro, a presença em Tenente Portela teve o objetivo de apoiar ações locais e traçar estratégias no combate à doença que está assolando o Município. O encontro também teve a participação da 2ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), representada pela gestora do órgão, Marli Vendrúsculo, e demais servidores.


A reunião, realizada no Centro Cultural, contou com a presença do prefeito em exercício, Leônidas Balestrin, e de secretários e servidores de diversos setores da Administração Municipal, em especial da Saúde. O Hospital Santo Antônio (HSA) foi representado pela presidente, Mirna Braucks.


O cacique da Terra Indígena Guarita, Valdonês Joaquim, e de lideranças e equipe do polo da Secretaria de Saúde Indígena (SESAI), também compareceram.


Além das orientações técnicas que auxiliarão os procedimentos de gestão da epidemia, os servidores da CEVS e da 2ª CRS também elencaram alternativas para aprimorar o combate ao mosquito e otimizar o atendimento de pacientes nas unidades de saúde e no HSA. Com as lideranças indígenas também foram debatidas estratégias para conter o avanço da dengue nas aldeias. Situação que também preocupa as autoridades locais.


Entre as sugestão apresentadas, está a possibilidade de instalar um centro ou setor específico para atendimento exclusivo de pacientes com dengue. A ideia é desafogar os ESFs e o HSA. Seria semelhante aos serviços sentinelas ou ambulatoriais criados no período da pandemia da Covid.


Na tarde desta quinta, o prefeito Rosemar Sala, que se encontra em Brasília, informou que Prefeitura está estudando a viabilidade desta proposta. Inclusive, nas agendas mantidas na Capital Federal ao longo desta semana, foi buscado o apoio técnico e financeiro que possibilitaria a contratação emergencial de mais profissionais para atuar neste serviço.

Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Tenente Portela

177 visualizações0 comentário

留言


bottom of page