top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Sede Nova decreta situação de calamidade pública após estragos pelo ciclone


Cerca de 500 casas foram danificadas na cidade | Foto: Defesa Civil RS / Divulgação

O município de Sede Nova, na região noroeste, foi uma das cidades mais atingidas pelo ciclone extratropical desta semana. Segundo a prefeitura, 21 pessoas ficaram feridas, sendo uma que precisou ser transferida para o hospital, mas sem risco de morte. Ainda, conforme a administração municipal, 80% foi devastada pelo fenômeno. Houve residências e galpões derrubados pela força do vento ou atingidos por árvores, também queda de muitos postes de energia elétrica. Foi decretada situação de calamidade pública.


A sensação de moradores e autoridades locais, é a de busca de reconstrução, após estragos potencializados pela passagem do ciclone durante a madrugada desta quinta-feira. “Foi muito feio, fora do normal, nunca visto por estes lados. Está muito difícil”, contou Fabio Lopes, chefe de gabinete do prefeito Leandro Cortelli Baungrat. A cidade conta com o apoio de outras prefeituras, da Defesa Civil do RS, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros. “Teremos que fazer toda a limpeza da cidade por causa das árvores caídas e casas destruídas”, afirma o assessor. Cerca de 500 casas tiveram sérios danos. Além disso, vários galpões e chiqueiros foram totalmente destruídos. Não há previsão de retorno do abastecimento de luz e água no município. Em seus perfis nas redes sociais, a prefeitura da cidade de menos de 3 mil habitantes anuncia que “Sede Nova precisa de ajuda” e divulgou dados para doações de todo tipo. No salão paroquial da cidade e Sede Nova está montada a central de atendimento às pessoas atingidas pelo temporal de ontem à tarde, com repasse de lonas para cobertura de imóveis, colchões, roupas e outros produtos. Cidades da região Celeiro encaminharam maquinários e servidores para ajudar na limpeza e reconstrução em Sede Nova. O governo estadual encaminhou cem kits de higiene e cem cestas básicas para o município.


Para fazer uma doação pelo PIX, a chave 140189110001-50, ou pela conta do Fundo Municipal de Assistência Social, agência 0225 e conta 04150330.0-3.


Fonte: Correio do Povo

Comments


bottom of page