top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

RS confirma 25ª morte por dengue em 2024; vítima era indígena de Redentora

O munícipio de Redentora, registrou mais uma morte por dengue. A confirmação foi feita na tarde desta terça-feira (19) pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs). A vítima é uma mulher indígena de 37 anos. Ela não tinha comorbidades.


Com mais este óbito, o RS chega a 25 mortes por dengue em 2024. No Estado, são 25.048 casos confirmados da doença e cerca de 13,6 mil em investigação. A maioria dos casos são autóctones, o que significa que a contaminação aconteceu dentro do território gaúcho. Por causa do avanço da doença, o governo do RS decretou no dia 12 de março situação de emergência.


A morte confirmada hoje é a segunda envolvendo a comunidade indígena do norte gaúcho. No dia 13 de março, o Cevs confirmou que uma indígena gestante, de 39 anos, havia morrido em decorrência da doença em Tenente Portela, município que fica localizado a cerca de 38 quilômetros de Redentora.


Com mais de 9,7 mil habitantes, Redentora tem, segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a maior comunidade indígena do Estado, com mais de 4.190 pessoas.


Segundo o levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES), a cidade ocupa o oitavo lugar no ranking da doença no Estado. Ao todo, são 618 casos confirmados de dengue no município até esta terça-feira.


Principais sintomas da dengue

Febre alta (39°C a 40°C) com duração de dois a sete dias

Dor retro-orbital (atrás dos olhos)

Dor de cabeça

Dor no corpo

Dor nas articulações

Mal-estar geral

Náusea

Vômito

Diarreia

Manchas vermelhas na pele, com ou sem coceira


Fonte: GZH

Comentários


bottom of page