redefort supersacolao.jpg
banner p.o.jpg
banner-hanauer-PO.png
viatec.png
rm-energia.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
peixoto_instaladora.png
mecaninca jaime 1000x250.jpg
sicredi.jpg
WS ESCAVAÇÕES 1000x250.jpg
loterica 1000x250 (2).jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg

Réus são condenados pelo incêndio na Boate Kiss em Santa Maria


O júri do Caso Kiss condenou, na tarde desta sexta-feira, os réus Elissandro Spohr, Mauro Hoffmann, Luciano Bonilha e Marcelo de Jesus pelas mortes de 242 pessoas e ferimento de 636 sobreviventes no incêndio da Boate Kiss, em Santa Maria. Os réus foram responsabilizados levando em consideração o dolo eventual. O juiz Orlando Faccini Neto anunciou as penas de cada um dos acusados após os jurados se reunirem na sala secreta para decidir a sentença.


Sentenças:


- Elissandro Spohr - Kiko (Sócio da Kiss): 22 anos e 6 meses

- Mauro Hoffmann (Sócio da Kiss): 19 anos e 6 meses

- Marcelo de Jesus dos Santos (Cantor): 18 anos

- Luciano Bonilha Leão (Produtor): 18 anos


Uma espera de oito anos chegou ao fim nesta sexta. Foram dez dias de julgamento no caso da Boate Kiss, com sessões essencialmente marcadas pela emoção, por relatos de desespero e até de superação. O júri, realizado no Foro Central de Porto Alegre, também foi acompanhado atentamente por Santa Maria, lugar da tragédia. Na cidade, tendas foram montadas para abrigar familiares e amigos das vítimas que não conseguiram fazer a viagem até a Capital. Inicialmente, os locais ficaram restritos a pessoas próximas de quem perdeu a vida na boate, mas depois, com o passar dos dias, eles foram abertos para toda a população do município.


Os quatro réus deveriam sair presos do tribunal, por decisão do juiz Orlando Faccini Neto, mas um habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça a um dos acusados garante que todos continuem em liberdade.


Fonte: Correio do Povo

Foto: divulgação

1.221 visualizações1 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo