top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Quatro suspeitos são denunciados pelo MPRS por homicídio de caminhoneiro de Bom Jesus

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) denunciou, nesta segunda-feira, 9 de outubro, quatro suspeitos de envolvimento na morte de um caminhoneiro de 27 anos, morador de Bom Jesus, na Serra. Os denunciados são a mulher com quem ele tinha um relacionamento extraconjugal, o marido, o pai e o cunhado dela. O crime ocorreu dia 26 de julho deste ano, desde quando a vítima desapareceu.


Todos os investigados estão presos desde o dia 17 de agosto no Presídio Estadual de Vacaria. Conforme a denúncia do promotor de Justiça Raynner Sales, os suspeitos respondem por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.


Além disso, eles respondem por ocultação de cadáver e fraude processual. Para o MPRS, o caminhoneiro foi assassinado porque o marido descobriu a traição da mulher com quem ele mantinha um relacionamento extraconjugal.


Em relação ao homicídio duplamente qualificado, a denúncia enviada à Justiça descreve que os suspeitos atraíram a vítima para uma estrada rural, oportunidade em que a mataram e ocultaram o seu corpo em local desconhecido.


Além da ocultação de cadáver, a denúncia do MPRS aponta a prática do crime de fraude processual, uma vez que os suspeitos teriam apagado mensagens trocadas via aplicativo de celular, tentaram criar álibi e descartaram a motocicleta da vítima em um rio a 30 quilômetros de distância do local do crime, tudo com o intuito de ludibriar as investigações.


Fonte : MPRS


90 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page