redefort supersacolao.jpg
banner p.o.jpg
banner-hanauer-PO.png
viatec.png
rm-energia.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
peixoto_instaladora.png
mecaninca jaime 1000x250.jpg
sicredi.jpg
WS ESCAVAÇÕES 1000x250.jpg
loterica 1000x250 (2).jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg

Quase 1,5 mil motoristas do RS têm direito a receber DPVAT cobrado indevidamente em 2022


As informações sobre o pagamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) de 2022 foram divulgadas na segunda-feira (10) pela Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), com novidades sobre o parcelamento, os descontos e a forma de pagamento. A consulta e a quitação do imposto estarão liberados a partir de 15 de dezembro.


As novidades incluem a possibilidade de parcelar o tributo em até seis vezes sem juros, desconto de até 10% sobre o valor e a possibilidade de pagamento por PIX. De acordo com o governo, as novidades têm como objetivo amenizar os efeitos da valorização dos preços dos veículos em todo o país, refletida na tabela Fipe, que acarretou um aumento médio de 22% ao contribuinte no IPVA.


A cobrança média do imposto ficou em R$ 990.


"Em 2021, tivemos um novo cenário em relação à inflação, em especial por questões de abastecimento de suprimentos na cadeia automotiva, influenciando na valorização dos veículos usados em vários países. Por isso, a Receita Estadual trouxe maiores prazos e maiores descontos de antecipação, mais ajustados a esse momento", disse o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, em entrevista coletiva.


Quem pagar o IPVA à vista até 30 de dezembro terá desconto de 10%, além de não ser cobrado pela variação da Unidade de Padrão Fiscal (UPF), que também deve ficar em cerca de 10%, gerando uma redução potencial de cerca de 20%.


Quem tiver os descontos de Bom Motorista e de Bom Cidadão poderá obter redução de 34,63% sobre o valor total do IPVA. De acordo com o governo do estado, 46% da frota terá descontos de Bom Motorista, enquanto 16% receberá o benefício de Bom Cidadão.


É possível também pagar o IPVA com desconto em janeiro, fevereiro ou março. Quem pagar o tributo até 31 de janeiro terá 10% de desconto. Com pagamento até o dia 25 de fevereiro, a redução é de 6%. Já quem quitar o imposto até 31 de março terá desconto de 3%.


Nesses casos, os valores já estarão atualizados pela variação da UPF. Os descontos de Bom Cidadão e Bom Motorista também estão disponíveis para quem pagar nesses meses, acumulando descontos máximos de 28% (janeiro), 24,8% (fevereiro) e 22,4% (março).


Pagamento parcelado


Em 2022, o IPVA poderá ser parcelado em até 6 vezes, sendo quitado até junho. Até o ano passado, o prazo máximo de parcelamento ia até março.


Quem optar pelo parcelamento terá de manifestar o interesse ainda em janeiro, pagando a primeira parcela até o dia 31. As parcelas que vencem em janeiro, fevereiro e março terão descontos de 10%, 6% e 3%, respectivamente.


As alíquotas do imposto seguem iguais as aplicadas no último ano: 3% para automóveis e camionetes, 2% para motocicletas e 1% para caminhões. A estimativa do governo é arrecadar R$ 4,2 bilhões com o IPVA 2022, valor que é repartido automaticamente 50% para o estado e 50% para o município do licenciamento do veículo.


O total da frota no RS atualmente é de aproximadamente 7,2 milhões de veículos, sendo 53,9% tributáveis e 46,1% isentos.


PIX


Em 2022, também será possível pagar o IPVA por PIX. Basta o cidadão consultar o site ou o aplicativo do IPVA/RS, onde será gerado um QR Code a cada mês, para que o pagamento possa ser feito em mais de 760 instituições.


Para pagar presencialmente, basta ir até agências do Banrisul, Bradesco, Sicredi ou Banco do Brasil. Também é possível pagar usando os aplicativos desses bancos. Assim como nos anos anteriores, apresentando o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), é possível pagar também as taxas de licenciamento e multas.


Fonte: G1

Foto: Detran

639 visualizações0 comentário