top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Porto Alegre: PRF intercepta motociclistas que faziam manobras perigosas em evento clandestino


No início da madrugada desta sexta-feira (23), a Polícia Rodoviária Federal interceptou um grupo de aproximadamente 200 motociclistas em fuga pela contramão durante um evento clandestino em Porto Alegre. Motocicletas com placas encobertas, dobradas e até sem placas foram interceptadas na BR 290 (Freeway), em Porto Alegre.


Após diversas reclamações e denúncias via telefone 191 de que um grupo de motocicletas fazia racha e manobras proibidas na BR 448, equipes PRFs passaram a monitorar as rodovias da região e visualizaram na BR 290, Freeway, o comboio de motocicletas que promovia eventos clandestinos na região metropolitana de Porto Alegre. Os trajetos iniciaram dentro da cidade e partiram para as BRs 448 e 290.


No início da madrugada desta sexta-feira, a PRF montou uma operação para combater este tipo de situação delituosa, montando um cerco na Freeway. Os participantes do evento não autorizado haviam combinado o encontro pelas redes sociais.


Os PRFs visualizaram o comboio de aproximadamente 200 motocicletas na Freeway em direção ao litoral, cujas saídas estavam bloqueadas pela PRF para interceptar os fugitivos. Dois motociclistas que não conseguiram fugir arremessaram as suas motocicletas por cima do guard rail, caindo num barranco no mato, e dois adolescentes, um de 15 e outro de 16 anos, de Nova Santa Rita, foram interceptados, eles estavam com as motocicletas irregulares, uma estava com o chassi suprimido, e a outra esrava com mais de 11 mil reais em multas. Os menores foram encaminhados ao Departamento Estadual da Criança e do Adolescente - DECA.


Foram recolhidas aproximadamente 25 motocicletass por infrações variadas, em especial falta de habilitação, de licenciamento e de equipamentos, e placas encobertas. Mais de 150 multas foram aplicadas, e pelo menos duas pessoas foram detidas por direção perigosa.


Devido à quantidade de motocicletas, algumas acabaram não sendo abordadas, mas foram devidamente autuadas pelas infrações cometidas, como participação de evento não autorizado em via pública, com o valor de R$ 2.974,30 e sete pontos na habilitação para o condutor.


Durante as noites dos finais de semana, as motos circulavam em grandes comboios causando risco ao trânsito. Os condutores exibiam manobras perigosas e faziam rachas. Além disso, antes e depois dos eventos, os participantes se reuniam em postos de combustíveis causando aglomerações, ingerindo bebidas alcoólicas e perturbando o sossego. Tudo era filmado e postado nas redes sociais.


As operações continuarão enquanto os eventos se repetirem.


PRF


67 visualizações0 comentário

Hozzászólások


bottom of page