top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Polícia Civil realizou sua maior apreensão de cocaína no RS


Policiais da 3ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (3ªDIN/Denarc) apreenderam nesta segunda-feira mais de meia tonelada de cocaína na cidade de Canoas. A ação ocorreu após uma investigação de tráfico de drogas que teve início há cerca de oito meses.


Um homem, que já tem passagem por tráfico, foi preso em flagrante. De acordo com o Denarc, este montante representa o maior volume de drogas apreendido de uma só vez pelo órgão. O delegado Gabriel Borges, que coordenou a operação disse que a apreensão é histórica no combate ao narcotráfico gaúcho, quebrando a estrutura do crime organizado e desarticulando a logística dos traficantes.


Segundo ele, a investigação iniciou a partir da denúncia de que duas organizações criminosas, com ramificações em Canoas, formaram um consórcio para trazer grande quantidade de cocaína ao Estado. Segundo as investidas policiais, o entorpecente chegava ao país tanto via aérea, quanto via terrestre, por meio de transporte rodoviário.


Nos últimos dias foi intensificado o monitoramento e identificados possíveis locais de armazenamento da droga, bem como o responsável pelo local.


“No primeiro imóvel, um homem foi preso em flagrante com cocaína e um segundo indivíduo que estava em um veículo foi conduzido para interrogatório. No segundo imóvel, localizado no bairro Mathias Velho, os policiais apreenderam mais de meia tonelada de cocaína.” A droga foi avaliada em R$ 15 milhões.


O diretor de Investigações do Narcotráfico, delegado Alencar Carraro, ressaltou que se trata da maior apreensão de cocaína da história da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, resultado de investigações qualificadas e do combate permanente ao crime organizado. “O trabalho é resultado da estratégia de enfrentamento às organizações criminosas e o combate ao narcotráfico, sempre buscando a descapitalização do crime organizado e a responsabilização criminal de lideranças do tráfico de drogas”, afirmou.



Fonte: Correio do Povo Foto: Polícia Civil

Comments


bottom of page