top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

O MOVIMENTO DA AUTOTRANSCENDÊNCIA - Rabiscos do Silêncio


Quando nós centramos nosso conhecimento na prática de uma fé viva e atuante que tem uma relação interior com a existência de DEUS, sentimos que Ele se faz presente na prática da nossa própria existência.

E nós não somos somente matéria com suas forças, mas também elementos espirituais que alimentam nossas relações com o mundo e suas perspectivas e que precisamos nos transcender continuamente aos nossos problemas e dificuldades para poder viver na realidade em que estivermos inseridos.

A transcendência é algo que transcende o nosso próprio corpo dentro do conhecimento prático, numa sintonia que origina a autotranscedência, a qual faz buscar a possibilidade de sair do nosso próprio interior e somar-se a sociedade que pensa e faz com superação das coisas deste mundo, sabendo compartilhar de palavras e ações no seu tempo e espaço no projetar-se para o além com o movimento da fé.

E nós estamos ligados ao mundo que nos leva, não somos separados das coisas que nos pertencem e tudo o que nos pertence integra a valorização da nossa própria fé na autotranscedência de Deus. Por isso quando alguém reza com os pensamentos e palavras centradas na oferta de uma consciência organizada, conversa com Deus que é Pai e não só escuta, mas dialoga com seu espírito verdadeiro e transmite para essa pessoa a paz interior que fortalece, compreende e a faz responsável.

Mas é na alma que se encontra a síntese da autotranscedência, é quando nós conseguimos sair de nós mesmos e vamos ao encontro das outras consciências e experiências, valorizando o presente com o futuro pela antecipação da espiritualidade, através da imaterialidade sobrevoando na condição de pensar, brincar, trabalhar, falar e querer. Por isso, quando percebermos com respeito à natureza, às pessoas e a nós mesmos como algo que vem de Deus na espiritualidade construtiva, sairemos do nosso limite e seremos ligados a essa construção na liberdade permanente.

Isso se comprova na atenção que Deus tem por cada um de nós, nutrindo e transmitindo vida nas novas criaturas (crianças) que vem para este mundo. Isso representa a fonte espiritual que faz esse processo na matéria, pois é um amor que condiciona a nossa própria existência a vivermos ligados a todas as etapas da vida. Essa é uma manifestação que não nos deixa isolados, mas integrados com todas as pessoas num vai e vem contínuo, desprendendo a nossa própria alma na busca da compreensão da autotranscedência em nós e por nós.

A vida precisa ser respeitada com tudo que ela representa para cada um de nós que temos a matéria. Não pode ser vista apenas como objeto, mas meio de deixar-se conduzir pelo espírito e que faz com que tenhamos amor, caridade e solidariedade dentro da coletividade num movimento sadio, na busca permanente das coisas de Deus. E ser solidário não é somente prestar serviço diante das necessidades materiais, mas também é ter amor e solidariedade perdoando aos que erram conosco. Isso faz com que tenhamos o verdadeiro valor da autotranscedência em nossa compreensão humana, que sai do nosso interior e vai sendo levada as necessidades das pessoas que encontram-se sem esperanças na vida.

Commenti


bottom of page