top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Mais de 4 toneladas de alimentos impróprios para o consumo foram apreendidos em Alecrim


Agentes da força-tarefa do Programa Segurança Alimentar RS fiscalizaram e autuaram, nesta terça-feira, 18, três estabelecimentos no município de Alecrim. Ao todo foram apreendidos e inutilizados 4.172 kg de alimentos impróprios para consumo. Um dos estabelecimentos fiscalizados teve a câmara fria de carnes, depósito e padaria interditados.


O primeiro local fiscalizado, alvo de mandado de busca e apreensão, apresentou irregularidades como, alimentos em temperatura inadequada, produtos sem procedência (pescados, lenha, carvão e banha), e comercialização proibida em mercados de medicamentos de uso humano e de uso veterinário. Também foram encontradas duas armas irregulares, sendo que o proprietário foi conduzido para a Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos. Nos outros estabelecimentos, havia alimentos com a validade vencida, armazenados de forma inadequada, produtos estrangeiros, bebidas coloniais e carne – os três últimos itens sem procedência. As interdições parciais ocorreram em virtude de problemas estruturais e de higiene.


A fiscalização contou com o apoio do promotor de Justiça de Santa Rosa Janor Lerch Duarte, e com a participação do coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, servidores do Gaeco – Segurança Alimentar, representantes da Vigilância Sanitária Municipal de Alecrim, Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), Secretaria Estadual da Saúde, Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (Decon) e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram).





Fonte e fotos: Ministério Público do RS



Commentaires


bottom of page