top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Licitação para obra de acesso asfáltico a Sede Nova acontecerá nesta segunda-feira

Está previsto para acontecer nesta segunda-feira (29) o processo licitatório para a obra de pavimentação asfáltica do acesso à cidade de Sede Nova. A informação foi confirmada pelo governador, Eduardo Leite, e pelo secretário de Infraestrutura, Juvir Costella. Ambos participaram da ordem de início das obras de pavimentação ligando os municípios de Alegria e Inhacorá, na última sexta-feira (26) e estiveram reunidos com prefeitos da Amuceleiro.


Duas cidades da região Celeiro ainda não possuem acesso asfaltado: Sede Nova e São Valério do Sul.


O acesso a Sede Nova será viabilizado em trecho de 9km, entre a cidade e a BR-468. A partir da licitação desta segunda-feira, a ordem de início das obras deve se dar em um prazo de até três meses, estimou o governador.


Já o projeto de acesso asfáltico a São Valério do Sul está sendo atualizado, para que a empresa que ficou classificada em segundo lugar na licitação, possa ser convocada. O projeto é datado de 1997, por isso precisar ser refeito. O secretário Juvir Costella espera que possa ser encaminhado para licitação ainda em 2024.


Asfaltamento entre Redentora e Erval Seco também está sendo reivindicado

Aproveitando o encontro com o governador, o prefeito de Redentora, Malberk Dullius, apresentou a reivindicação para o asfaltamento de trecho da ERS-330, ligação de aproximadamente 22km, entre Redentora e Erval Seco.


De acordo com o Dullius, a obra facilitaria o acesso das populações de Redentora, Miraguaí e Coronel Bicaco aos municípios vizinhos, especialmente no acesso a Seberi, onde existe um frigorífico da JBS que emprega trabalhadores da região, encurtando em cerca de 30km a distância que é realizada atualmente, e também facilitando o escoamento da produção suinícola.


De acordo com o prefeito de Coronel Bicaco, Jurandir da Slva, existe um projeto no município, de R$ 32 milhões, com investimentos da JBS para produção de leitões, e a ligação asfáltica através da ERS-330 seria muito benéfica.


Eduardo Leite afirmou que irá determinar um estudo sobre essa demanda apresentada pelos prefeitos e também garantiu que todos os acessos asfálticos que ainda restam para serem feitos no Estado terão as obras sendo iniciadas na atual gestão.


Fonte: Jornalismo - Rádio Alto Uruguai

Foto: Mauricio Tonetto / Secom


Kommentare


bottom of page