top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Indígenas trancam rodovia gaúcha por tempo recorde, 12h


Ve´culos foram impedidos de seguir viagem / Foto: Divulgação

O conflito violento entre dois grupos políticos rivais na Reserva Indígena do Guarita tem se itensificado cada vez mais.


Após duas mulheres serem feridas por golpes de facão, foi realizado na ERS-330 um dos protestos mais longos da história.


Só terminou por volta das 4h30 da manhã desta quarta-feira, 9 de março. Com galhos, pedras e pneus em chama o trecho foi bloqueado na localidade do Irapuá em Miraguaí.


Usuários da rodovia foram impedidos de seguir viagem pelo trecho no período de 12 horas. O protesto que exige intervenção das autoridades responsáveis para reseolver o conflito teve início após duas mulheres indígenas serem esfaqueadas na tarde de terça-feira.


Elas foram encaminhadas para o Hospital Santo Antônio de Tenente Portela onde receberam atendimento médico. Dois homens acusados pelos indígenas da agressão contra as mulheres seriam pertencentes ao grupo político rival e foram detidos e presos pelos próprios índios e colocados em local chamados por eles de cadeia.


Os manifestantes divulgaram diversos vídeos do protesto, inclusive em um deles mostraram que estariam liberando veículos com mulheres e crianças.

Comments


bottom of page