BANER PORTELA ONLINE NEGÓCIOS DAQUI.jpg
BANER PORTELA ONLINE 67 ANOS.jpg
redefort supersacolao.jpg
banner p.o.jpg
viatec.png
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
loterica 1000x250 (2).jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg

Entra no grupo e receba as notícias do Portela Online - Clique aqui

whatsapp-logo-1.png

Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo, lança cirurgia robótica inédita no interior do RS


O Hospital São Vicente de Paula, de Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul, avança na utilização da tecnologia para a realização de procedimentos cirúrgicos. Na tarde de quarta-feira, a instituição promoveu uma coletiva com lançamento de uma inédita cirurgia de joelho robótica. O ato ocorreu na Unidade Uruguai do HSVP, iniciativa conta com a parceria do Serviço de Cirurgia do Joelho da Clínica IOT.


O diretor técnico médico do HSVP, Dr. Adroaldo Mallmann, informou que a cirurgia necessita, ainda, de um médico para ser realizada, mas traz pelo robô, grande exatidão, baixo sangramento e melhora a recuperação dos pacientes. A tecnologia é totalmente importada, sendo fruto da neuro navegação e que agora se converte em uma cirurgia, neste momento, específica para o joelho. A previsão é que, no próximo ano, sejam realizadas também cirurgias no quadril.


Mallmann explica que, a partir desta tecnologia robótica é localizado o exato ponto onde inserir a prótese, com menor invasão do local. “A presença dos robôs nas cirurgias é algo crescente e sem volta, porém, a máquina não substitui o médico, pois será operada por ele”, observa.


O médico ortopedista, especialista em joelho e responsável pelo setor de Operações do Joelho da Clínica IOT, Dr. André Kuhn, disse que a tecnologia é nova no Brasil, mas fácil de usar. “O robô tem um braço mecânico que, em vez de serras, usa um drill, perfurando o osso e gerando muito menos dano, sendo que a precisão é o grande destaque do robô, que vai melhorar a qualidade de vida das pessoas, diminuir o custo assistencial e melhorar a recuperação dos pacientes”, destaca. O procedimento ainda não está disponível para o SUS, apenas no sistema complementar de saúde.


Fonte: Correio do Povo

Foto: Flávia Dias / HSVP / Divulgação



382 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo