top of page
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Financiamento do Mercosul pode ser decisivo para construção da ponte entre Tiradentes do Sul e El So


Lideranças da região Celeiro, de Misiones e do Parlasul, durante encontro em Montevidéu (Foto: Amuceleiro / Divulgação)

Lideranças políticas e empresariais brasileiras e argentinas estiveram mobilizadas nesta segunda-feira (29) na cidade de Montevidéu, capital do Uruguai, para uma reunião de integração fronteiriça Misiones/Rio Grande do Sul, junto ao Parlamento do Mercosul (Parlasul). O objetivo da agenda foi debater a construção de uma ponte sobre o rio Uruguai, ligando os municípios de Tiradentes do Sul (RS) e El Soberbio (Misiones), na fronteira entre Brasil e Argentina.


A ponte é projetada para ter 464 metros de extensão entre as duas margens, constituindo-se na menor travessia entre os dois países. O custo estimado para a obra é de 25 milhões de dólares, o que representa atualmente, cerca de R$ 125 milhões.


Uma das boas notícias que a Amuceleiro recebeu nos últimos dias, é que o governo do Estado sinalizou que está disposto a investir R$ 4,5 milhões para custear o projeto técnico da ponte.


Uma das intenções das lideranças regionais e de Misiones, é garantir um aporte financeiro através do Focem – Fundo para Convergência Estrutural do Mercosul. Trata-se de um fundo destinado a financiar programas para promover a convergência estrutural; desenvolver a competitividade; promover a coesão social, em particular das economias menores e regiões menos desenvolvidas e apoiar o funcionamento da estrutura institucional e o fortalecimento do processo de integração.


É o primeiro mecanismo solidário de financiamento próprio dos países do Mercosul e tem por objetivo reduzir as assimetrias do bloco. De acordo com a página oficial do Mercosul, os fundos são destinados aos países, e entregues em caráter de doação não reembolsável para financiar até 85% do valor elegível por eles apresentados.


O deputado federal Pompeo de Mattos (PDT-RS), membro do Parlasul e integrante da mesa diretora da Câmara dos Deputados, participou da reunião de hoje. Ele se mostra bastante confiante de que a proposta irá prosperar, especialmente através do financiamento via Focem. “Também vamos trabalhar junto à Câmara dos Deputados no Brasil, para que os 15% restantes de recursos para a conclusão da obra possam estar no Orçamento da União”, afirmou.


Os deputados federais, Celso Russomano (Republicanos-SP), vice presidente do Parlamento do Mercosul; e Carlos Gomes (Republicanos-RS), coordenador da bancada federal gaúcha no Congresso Nacional, estiveram acompanhando todos os compromissos das lideranças regionais no Uruguai.


A deputada argentina, da província de Misiones, Cecilia Britto, que é presidenta do Parlasul, também se manifestou bastante confiante quanto ao projeto. Para ela, o encontro que envolveu diversos atores fundamentais no plano político e econômico, garante uma força muito grande para que o projeto da ponte possa se tornar realidade.


O prefeito de Tiradentes do Sul e presidente da Amuceleiro, Alceu Diel, e o intendente de El Soberbio, Roque Soboczinski, apresentaram o projeto para construção da ponte e os principais benefícios econômicos, sociais e culturais que a ligação poderá proporcionar às regiões fronteiriças dos dois países.


O diplomata, Antônio Ferreira Simões, delegado do Brasil junto ao Mercosul e à Aladi – Associação Latino-americana de Integração, recepcionou a delegação regional e também participou da reunião de integração fronteiriça. Dirigentes do Focem também estavam presentes e receberam os pleitos dos prefeitos.


Na próxima quarta-feira, às 14 horas, na sede da Amuceleiro, em Três Passos, as lideranças que participaram da reunião de hoje estarão concedendo entrevista coletiva à imprensa, para detalhar o projeto da ponte e como avaliam o encontro desta segunda-feira, junto ao Parlasul.


Comitiva Regional


Integrando a comitiva regional, estiveram no Uruguai nesta segunda-feira o presidente da Amuceleiro e prefeito de Tiradentes do Sul, Alceu Diel; os prefeitos de Três Passos, Arlei Tomazoni, e de Crissiumal, Marco Aurelio Nedel; o vice-prefeito de Esperança do Sul, Gilmar Lucini; o intendente e o vice-intendente de El Soberbio, Roque Soboczinski e Ricardo Leiva; o vereador de Três Passos e secretário executivo da Amuceleiro, Nader Umar; o secretário de Finanças e Desenvolvimento Econômico de Tiradentes do Sul, Luiz Carlos Sandri; o diretor de Turismo de El Soberbio, Victor Motta, o presidente do Conselho Deliberativo de San Vicente, Jorge Hasan, o representante da Associação de Turismo Alto Uruguay, Mario Hector Pereira, o reitor do Instituto EFA San Vicente de Paúl, Guillermo Bulak, o presidente da Cacis, Enir Reginatto, e o presidente do Sindilojas Celeiro, Antônio Granich.


Fonte: Vinicius Araujo (Jornalismo / Rádio Alto Uruguai)

190 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page