top of page
3ebba40b-56eb-417d-8d38-a31d3cc90688.jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Criminosos roubam casa inteira com caminhão em Capão Novo


Uma casa inteira foi levada em um caminhão por criminosos em Capão Novo, no litoral norte do RS. Uma faxineira comprou a casa pré-fabricada e a colocou em um terreno também de sua posse. A casa ainda não havia sido ligada à rede de água e a rede elétrica, por conta disso ela estava morando em outro lugar, enquanto providenciava os últimos detalhes antes da mudança. “Uma conhecida da minha filha pediu para passar dois dias na casa e eu acabei permitindo”, explica. Mas ao visitar o local, alguns dias depois, na quinta-feira (11), se deparou com o terreno vazio: a visitante havia furtado e vendido a casa.


A proprietária entrou em contato com a polícia para denunciar o crime. No dia seguinte os policiais conseguiram encontrar a casa em um outro terreno na cidade.


Nos Estados Unidos, há um histórico de crimes como esse, porém a situação não é a mesma no Brasil e a delegada Sabrina Deferente, de Capão da Canoa, comentou que nunca havia visto um caso do tipo. “Inclusive, quando a casa foi encontrada, a orientação que passei para a equipe que estava com ela, era verificar se havia alguma coisa no interior da residência que pudesse comprovar que se tratava da casa dela, já que existem outras casas iguais ou parecidas”, conta.


Os policiais encontraram documentos da dona no local, comprovando que a casa era sua, e autorizaram que ela levasse o imóvel de volta ao terreno dela.


Ela continua morando em outro local, onde paga aluguel, pois a casa segue sem luz e água. Segundo ela, a casa foi vendida por R$ 10 mil a um homem, que teria levado um golpe. A delegada afirma que uma investigação será feita para descobrir o que aconteceu exatamente. “No decorrer do inquérito vamos apurar se o dono do terreno onde a casa foi encontrada tem algum envolvimento no crime.”


Fonte: RD Foco

Foto: Reprodução


1.012 visualizações0 comentário
bottom of page