top of page
3ebba40b-56eb-417d-8d38-a31d3cc90688.jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg
RM banner 1000x250.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
sicredi.jpg
IMG_7261.JPG
banner p.o.jpg

Bom Progresso: Secretário de Saúde foi morto por motivação política, conclui Polícia Civil


A Polícia Civil, através das diligências realizadas pela equipe de investigação da Delegacia de Polícia de Três Passos, concluiu que a morte de JARBAS DAVID HEINLE foi praticada, em tese, por quatro indivíduos. Dois deles seriam os mandantes e os outros dois os executores.


É de conhecimento, na região, que, em Bom Progresso, há dois grupos que disputam o poder municipal.


Testemunhas ouvidas relataram que um dos mandantes tinha intenção de ocupar, futuramente, o cargo de Prefeito, no Município. Para que isso ocorresse, os dois mandantes planejaram o crime e contrataram outros dois indivíduos para matar a vítima.


O crime foi triplamente qualificando – Motivo Torpe - a morte foi mediante pagamento de R$ 50.000,00; uma carta de emprego e uma promessa futura de emprego na Prefeitura Municipal, com salário de R$ 3.000,00; Motivo fútil – eliminaram a vítima por ser contrário político, no município; e para praticarem o crime os executores fizeram uma emboscada, ficaram escondidos no galpão que fica na casa de JARBAS e quando ele chegou desferiram quatro tiros (dois nas costas, um no tórax e outro na boca).


Dos quatro autores, um está preso, outro foragido e dois foram liberados pela Justiça após cumprir o prazo da prisão temporária. Hoje à tarde, as 15h, o Delegado de Polícia Marion Volino, responsável pela investigação, dará coletiva à imprensa junto à sede da 22ª Delegacia de Polícia Regional do Interior, em Três Passos, repassando mais detalhes.


Fonte: Polícia Civil

Foto: Divulgação

160 visualizações0 comentário
bottom of page