redefort supersacolao.jpg
banner p.o.jpg
banner-hanauer-PO.png
viatec.png
rm-energia.jpg
sicoob.jpg
abegg.jpg
peixoto_instaladora.png
mecaninca jaime 1000x250.jpg
sicredi.jpg
WS ESCAVAÇÕES 1000x250.jpg
loterica 1000x250 (2).jpg
oeste pneus.jpg
cresol.jpg

Batalhão Ambiental constata vazamento de biodiesel em descarrilamento de trem em Mato Castelhano


Na tarde de ontem (15), após receber a informação de que um trem, transportando carga perigosa, havia descarrilado nas proximidades do viaduto Ferrovia do Trigo, interior de Mato Castelhano, uma Equipe do 3° Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Passo Fundo deslocou para averiguar a situação.


No local, os Policiais Militares constataram o descarrilamento de seis vagões e o tombamento de quatro. O trem iria de Passo Fundo a Porto Alegre, sendo que todos os vagões estavam carregados com Biodiesel e a capacidade de cada vagão era de aproximadamente, 63mil litros.


Os PMs identificaram o vazamento parcial da carga de 2 vagões. A empresa responsável pelo trem tem sede em Curitiba/PR, sendo que o auditor ambiental informou aos Policiais que ocorreu o vazamento de, aproximadamente, 70mil litros biodiesel. O acidente ocorreu por volta das 14h30min, de segunda-feira, porém, a FEPAM foi informada, somente, na manhã de terça-feira.


O local do acidente encontra-se a, aproximadamente, 200 metros do Rio Capingui e da barragem do Rio Capingui.


Quando os PMs chegaram, havia equipes trabalhando para, recolocar os trilhos, fazer o transbordo da carga, e minimizar danos ambientais.


Foi verificado a abertura de 3 valas de sacrifício e a instalação de mantas de absorção no rio Capingui, com a finalidade de conter o biodiesel. No momento da fiscalização não foi constatado produto nas valas, nem no Rio. Foi apresentada a Licença de Operação, expedida pelo IBAMA, com validade até 2027.


Diante dos fatos, foi lavrado um BO COP.


Fonte: Jornal O Nacional

Foto: divulgação BABM

338 visualizações0 comentário