PUBLICIDADE SANDRO ONLINE DAQUI.jpg
natal-feliz-banner.jpg
sacolao.png
oeste-pneus.jpg
viatec.png
rm-energia.jpg
loja-7.jpg
portela-engenharia-construcao.jpg
portela-automatiza.png
peixoto_instaladora.png

Adolescente suspeita de matar o pai policial em SC pediu para ir ao velório, diz Justiça


Reprodução

Jovem é suspeita de cometer o crime junto com uma amiga na sexta-feira (17); elas permanecem apreendidas em Chapecó


A adolescente suspeita de, junto com uma amiga, matar o pai a facadas em São Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste de Santa Catarina, pediu para ir ao velório. A informação foi confirmada pela assessoria do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) ao Diário Catarinense. O pedido, no entanto, foi negado. As duas permanecem apreendidas em Chapecó. O crime aconteceu na sexta-feira (15), quando o policial civil, de 46 anos, foi encontrado morto, com ferimentos de faca no pescoço. A filha e a amiga confessaram a autoria após serem confrontadas pela polícia.

As duas foram encaminhadas, no sábado (16), ao Centro de Atendimento de Adolescentes (Case) em Chapecó, onde permanecem apreendidas. O processo segue em segredo de Justiça.

O policial civil foi sepultado no sábado no Cemitério Municipal de São Miguel do Oeste.

Polícia investiga motivação

Apesar das suspeitas pelo crime estarem apreendidas, a polícia continua as investigações sobre o caso. Um dos objetivos, segundo o delegado João Westphal, titular da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Miguel do Oeste, é entender qual a motivação do crime.

Além disso, ele afirma que a suspeita de matar o pai não citou durante o depoimento o caso Richthofen, apesar da hipótese ter sido inicialmente levantada.

— Esse tipo de caso é bastante sensível. Se houver algo de influência de algum caso famoso, ou mesmo algum grupo voltado a ataques, certamente será divulgado e a Diretoria de Inteligência da Polícia Civil atuará em conjunto — destaca o delegado.

A polícia também apreendeu aparelhos eletrônicos, que devem passar por perícia nos próximos dias.


Fonte: NSC Total

2,004 visualizações0 comentário