Cacique foi preso em decorrência dos desdobramentos dos assaltos aos bancos de Miraguaí

 

Assaltantes incendiaram um viatura da Brigada Militar / Foto: Sandro Medeiros – Portela Online

De acordo com informações apuradas pelo site Portela Online, a prisão do Vereador e Cacique Valdonês Joaquim ocorrida na tarde desta segunda-feira, no exato momento em que chegava na Câmara de Vereadores de Tenente Portela, foi em decorrência dos desdobramentos das

Cacique Valdonês foi o vereador mais votado na eleição de 2016 / Foto: Site Portela Online

investigações da Polícia Civil a respeito dos roubos as agências bancárias do Sicredi e Banrisul de Miraguaí, fato ocorrido em 6 de fevereiro. Porém não se tem até o momento informações oficiais se sua prisão foi temporária ou preventiva tampouco a sua real motivação.

Valdonês Joaquim foi o candidato a vereador mais votado nas eleições de 2016 em Tenente Portela. Ao todo o Cacique recebeu 957 votos.

Relmbre do Caso

Clientes e funcionários foram feitos reféns e utilizados como escudo humano durante assaltos nas agências do Sicredi e do Banrisul, ambas localizadas na Avenida Ijuí distantes cerca de um quilômetro. Os assaltos simultâneos ocorreram em 6 de fevereiro.

A ousadia dos criminosos foi tanta que um policial militar da cidade foi rendido na sede do grupamento,  amarrado no capô de um dos veículos e utilizado como escudo humano. Ele foi libertado logo após. Uma viatura da Brigada Militar foi incendiada.

Reveja a reportagem realizada pelo site Portela Online na época do assalto:

Reveja reportagem sobre a Operação que culminou com a prisão de envolvidos nos roubos:

Comente pelo Facebook

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA