Novos testes de vasão serão realizados no Rio Uruguai

 

Deputado estadual Eduardo Loureiro (PDT) participou de audiência na ANA em Brasília / Foto: Divulgação

Testes de vazão no Rio Uruguai, no trecho do Salto Yucumã, mostraram que a visibilidade da maior queda d’água longitudinal do mundo está sendo prejudicada com as operações da Usina da Foz do Chapecó. Para comprovar isso, nova avaliação será feita entre os dias 04 e 06 de agosto, conforme informação obtida pelo deputado estadual Eduardo Loureiro (PDT), que nesta terça-feira, dia 01.

De acordo com a  esteve na Agência Nacional das Águas (ANA), em Brasília, buscando agilizar o impasse que afeta o turismo na região.

Sem a possibilidade de visualizar o Salto do Yucumã no período diurno, em função da elevação no nível das águas por causa das operações na produção de energia pela usina, a procura por roteiros turísticos está sendo prejudicada, afetando os investimentos dos empreendedores que formam a Rota Yucumã, formada por 33 municípios das regiões Celeiro e Planalto Médio do Estado.

O problema mobiliza lideranças destas comunidades e até uma audiência pública chegou a ser realizada na Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa o que resultou na ampliação do horário para entrar no Parque do Turvo, onde está localizado o salto. Com isso, os visitantes podem ficar mais tempo no local, possibilitando enxergar as quedas d’água no final da tarde, quando não ficam mais submersas.

Na Agência Nacional das Águas, o deputado reuniu-se com o superintendente de Operações, Joaquim Gondim, e com o assessor Fredejan Pedrosa Pereira. Com os novos testes, o processo para alterar os horários de produção de energia na Usina da Foz do Chapecó precisa ser agilizado, mas para tanto é necessário autorização no Operador Nacional do Sistema, o que vai exigir novas articulações políticas. “Estamos trabalhando para agilizar uma solução definitiva ou ao menos que permita a atividade turística no Salto do Yucumã aos finais de semana e feriados”, destaca Loureiro.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Deputado Estadual Eduardo Loureiro (PDT)

Comente pelo Facebook

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA