Teste de vazão comprova influência de usina na visibilidade do Salto do Yucumã

Testes de vazão das águas do Rio Uruguaí na Usina de Foz de Chapecó realizados durante o feriadão comprovaram a influência na visibilidade do Salto do Yucumã.

A usina funcionou com apenas uma das quatro turbinas entre a meia-noite de 28 de abril e a meia-noite de 1º de maio. A determinação para os testes foi do Conselho Nacional de Recursos Hídricos, a partir de uma solicitação da Secretaria Estadual de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema).

O Salto do Yucumã ficou visível durante os três dias de testes, segundo o Departamento de Recursos Hídricos da Sema.

Clique para ampliar
Em 2009 a reportagem do site Portela Online esteve no Salto do Yucumã / Selfie Sandro Medeiros

No ano de 2009 a reportagem do site Portela Online realizou o registro fotográfico de uma das últimas vezes que foi possível ver toda a beleza das quedas expostas aos visitantes.

As prefeituras culpam a instalação da usina de Chapecó, em funcionamento desde 2010 pelo desaparecimento gradativo do salto.

A perspectiva agora é que seja mudado o horário de vazão para que  seja possível movimentar mais o turismo na Rota do Yucumã, formada pelos 33 municípios do Celeiro e do Planalto Médio.

Veja o vídeo produzido pelo site Portela Online no ano de 2009:

Com informações do Diário Gaúcho.

Comente pelo Facebook

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA